Anitta é acusada de apoiar método que viola Direitos Humanos

A cantora falou sobre o uso da constelação familiar na mediação de problemas e está sendo criticada por internautas

Publicado em 05/06/2024 18:26
Por Em Off
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na última segunda-feira (3), a cantora Anitta participou de uma entrevista ao Jay Shetty Podcast, onde falou sobre ajudar o próximo. Na conversa com o entrevistador, a “Vai Malandra” afirmou que não costuma a ajudar uma pessoa que não pede ajuda a ela e declarou que aprendeu isso ao estudar Constelação Familiar. Depois que o trecho da entrevista viralizou nas redes sociais, alguns internautas estão acusando a artista de apoiar a pseudociência que vai contra as normas dos Direitos Humanos.

Na entrevista ao podcast, Anitta explicava ao apresentador Jay Shetty o fazia para não acabar tendo que lidar com situações que não dizem respeito à ela. “Isso é muito importante: quando a pessoa não te pede ajuda, não ajude. Se a pessoa pedir, você ajuda. Não ajude uma pessoa que não pediu por ajuda. Se ela não pediu, ela não quer”, aconselhou ela. Em seguida, o entrevistador pareceu concordar com a carioca e lembrou que às vezes uma pessoa tenta consertar o mundo sozinha. “Estamos comprando a luta de alguém e essa pessoa pode se sentir ofendida. Para a energia e a constelação familiar, nós aprendemos que quando você ajuda uma pessoa que não está pedindo pela sua ajuda, é como se você estivesse assumindo esse carma”, explicou ela.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois que a fala da “Girl From Rio” viralizou nas redes sociais, muitos internautas fizeram questão de criticá-la por falar sobre a prática que não é aprovada por muitos psicólogos. “Vai lá Anitta falar sobre constelação familiar criado por um nazista e que foi proibida pelo CFP [Conselho Federal de Medicina] por graves violações e uso de violência como um dos mecanismos. Inclusive a CF [Constelação Familiar] atribui a meninas e mulheres a responsabilidade por quaisquer violência sofrida, durante suas sessões”, escreveu uma internauta. “Ver a anitta defender constelação familiar é revoltante, não por ela ser ela porque nem fã eu sou, mas pelo que envolve. Já é tão difícil defender vítimas de agressão/abuso”, disse uma pessoa.

Após o início da chuva de comentários negativos, a cantora usou o perfil na rede social X, antigo Twitter, para falar sobre as críticas que está recebendo. Embora Anitta não tenha citado diretamente a questão da constelação familiar, ela falou sobre as mensagens que recebe após algumas entrevistas e questionou a inteligência de algumas pessoas. “As vezes, ver comentários de algumas pessoas sobre uma entrevista faz eu me dar contar de como tem gente burra no mundo…. caraca.. que doideira”, escreveu ela.

De acordo com o site UOL, é uma prática que tem como objetivo resolver questões e conflitos que podem atravessar famílias por várias gerações. Dentre as técnicas para analisar esses problemas, muitas vezes ocorre a dramatização do que gerou o conflito e os próprios envolvidos são os atores. O método foi criadora pelo alemão Bert Hellinger e apresentado no início dos anos 2000. Entretanto, o Conselho Federal de Psicologia não reconhece a prática, que é investigada por violar os Direitos Humanos por naturalizar assuntos como incesto e abuso sexual.

O post Anitta é acusada de apoiar método que viola Direitos Humanos apareceu primeiro em EM OFF.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio