Guilherme Santana não é mais baixista de Wesley Safadão, o ex-funcionário pediu demissão (Foto: Reprodução/Internet)
Guilherme Santana não é mais baixista de Wesley Safadão, o ex-funcionário pediu demissão (Foto: Reprodução/Internet)

Mais uma para o ranking de polêmicas de Wesley Safadão, desta vez a história envolve um ex-músico de sua banda, se trata de Guilherme Santana, baixista do cantor. Guilherme resolveu colocar um ponto final na relação profissional com Wesley e decidiu revelar os motivos da decisão através de uma publicação no Instagram.

A história que Guilherme Santana conta, traz relatos de medo, traumas e até insegurança quanto a COVID-19. O vídeo é bem surpreendente pela riqueza em detalhes e os motivos que resultaram na saída da equipe de Wesley Safadão:

“Bom dia, pessoal! Estou aqui para responder algumas perguntas sobre a saída do Wesley [Safadão]. Por qual foi o motivo? Olha, foi bem simples, eu já tinha uma vontade de sair antes de começar a pandemia. Chegou a pandemia e eu me acostumei em casa, vi que dava para sobreviver com o pouco que eu ganhava em casa e eu não queria mais passar, por aquilo que estava passando. Os estresses de viagens, os riscos de avião por aí… Eu estava com trauma dos aviões pequenos [particular], como também tinham outros da van [equipe] com o áudio com o mesmo trauma destes aviões. Eu já não estava querendo mais e aí ficou uma situação ruim, né? Porque ás vezes eu faltava o show, ás vezes precisava colocar alguém pra tocar em meu lugar justamente por causa desses aviões. Também pela falta de consideração com a gente, da gente no momento que precisou daquela pessoa [Safadão], ela colocou a banda praticamente, todo mundo da empresa pra fora. A gente ficou sobrevivendo pelas lives que estava tendo, pra mim não dava mais pra continuar na banda. O motivo basicamente foi esse e outras coisas de estresse”.


O conteúdo publicado nesta coluna é de inteira responsabilidade do colunista e não reflete necessariamente a opinião e práticas do Observatório dos Famosos.

LEIA: Wesley Safadão fará show para 4 mil pessoas e rebate críticas: “Tudo voltou a funcionar”