Após sucesso na TV, Marcus Bessa lança clipe sobre empoderamento feminino

Artista iniciou seus trabalhos artísticos como cantor aos 11 anos quando se apresentou no Programa Raul Gil

Publicado em 26/05/2022 20:12
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ator, cantor, bailarino e dublador Marcus Bessa vem se destacando cada vez mais em sua carreira artística. Aos 22 anos, o artista se divide em funções a fim de explorar ao máximo seu potencial cultural. Nesta sexta-feira, em meio às atividades como ator, ele lança a faixa “Te Virar”, em parceira com o cantor Murilo Reiter, do Locomotive, em mais uma aposta na música.

Marcus já esteve em grandes tramas de sucesso, como “Carinha de Anjo” do SBT; “Lia”, “Jesus”, “Gênesis”, “Jezabel” e “Reis” da Record; “Verão 90” e “SobPressão” da Rede Globo, “Ela Disse Ele Disse” da Globo Filmes e Amazon Prime Vídeo; “Santos Dumont” da HBO e, recentemente, fez parte do núcleo protagonista do  filme Original da Netflix “Confissões de Uma Garota Excluída”, baseado no livro homônimo de Thalita Rebouças. Ele interpreta o personagem Zeca, um garoto homossexual, melhor amigo de Tetê (Klara Castanho), protagonista do filme, e mostra a força do poder da amizade, amor e união.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na música, ele carrega uma bagagem de quatro singles lançados e se prepara para falar sobre um tema bastante pertinente em “Te Virar”. A faixa tem como objetivo dar voz ao empoderamento feminino e igualdade de gêneros.

Apesar do grande destaque como ator, foi como cantor que Marcus iniciou seus trabalhos artísticos. Aos 11 anos, o jovem passou a integrar o time de talentos do Programa Raul Gil.

Marcus Bessa (Foto: Divulgação)

“Antes de entrar para o teatro e TV, eu comecei no canto, com 11 anos de idade, quando eu fui cantar no Programa Raul Gil. E foi lá que eu me apaixonei pela música. Hoje, eu sinto muito mais necessidade de estudar música do que interpretação pra TV, por exemplo. A música me exige mais preparo, estudos, e um repertório mais completo.”, explica.

Revelando sua face artística de diferentes maneiras, Marcus admite que não se vê como um profissional único. “O meu público sempre me viu como um artista que leva essas carreiras paralelamente. Por isso que eu me defino como ‘artista’ e não só ‘ator’ ou ‘cantor’.”

Marcus Bessa (Foto: Divulgação)

Os desafios fazem parte da carreira do jovem, mas servem como incentivo para se descobrir na sua arte.

“Eu acredito que todos os atores devem ser completos, saber dançar, cantar, tocar… quanto mais completo for, mais chances tem no mercado. É claro que sempre teremos um foco maior e é difícil levar as duas carreiras paralelamente, mas é possível, e quem consegue, colhe bons frutos”, finaliza.

Marcus Bessa em cena (Foto: Divulgação)

Quer acompanhar mais as novidades da coluna? Siga Luca Moreira no Instagram e no Twitter!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio