Illtown Sluggaz e Ryan Lane fazem sucesso com o single “Fiesta”

Projeto que envolve o grupo ganhador do Grammy “Naughty by Nature” e o cantor Ryan Lane mistura ritmos e já acumula milhares de acessos no YouTube

Publicado em 05/07/2022 20:19
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Formado por Vin Rock e DJ KayGee, o grupo ganhador do Grammy “Naughty by Nature”, apresentam seu mais novo sucesso “Fiesta”, que é a junção do Illtown Sluggaz com o cantor Ryan Lane.

Com milhares de acessos no YouTube, o videoclipe oficial da música traz o mascote urso do Sluggaz e explora batidas contagiantes que viajam entre diversos ritmos distintos de música que passam pelo hip-hop, pop e R&B, o que tornou o resultado dessa parceria algo único.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sucesso nos Estados Unidos, Sluggaz está buscando expandir cada mais vez mais o seu nome no mundo musical, e além dos projetos que tem fechado no mundo do NFT, e tem como meta a longo prazo de se tornarem uma verdadeira plataforma musical utilizando como principal investimento o metaverso e as criptomoedas para beneficiar festivais de música. O projeto está trazendo a junção ideal da tecnologia com a indústria musical se tornando um grande incentivo aos projetos independentes. Confira a entrevista!

Recentemente, um de seus grandes trabalhos foram as parcerias com Vin Rock, DJ KayGee e o grupo vencedor do Grammy “Naughty by Nature”. Como foram essas experiências e qual você considera seus maiores momentos?

[Ryan Lane]: Tem sido uma experiência incrível. Estou realmente tendo o melhor momento da minha vida. Eu diria que este é um dos meus melhores momentos. Sinto que esta oportunidade veio em um momento perfeito para mim. Eu estava me preparando sem saber que estava me preparando para subir ao palco com essas duas lendas que fazem isso há mais da metade de suas vidas, e só para ver a paixão que ainda têm pelo que fazem e ver sorrisos em seu rosto e como a multidão reage a eles, estou realmente tendo o melhor momento da minha vida. Essa experiência é incrível, e estou aprendendo muito. Estou literalmente vivendo um dos meus melhores momentos agora. Absolutamente.

[Ryan Lane]: It’s been an amazing experience. I’m really having the time of my life. I would say this is one of my best moments. I feel like this opportunity came at a perfect time for me. I was getting ready not knowing that I was getting ready to go on stage with these two legends who have been doing this for more than half of their lives, and just to see the passion they still have for what they do and see the smiles on their faces and how crowd reacts to them, I’m really having the time of my life. This experience is amazing, and I’m learning a lot. I’m literally living one of my best moments right now. Absolutely.

Atualmente, sua música tem sido muito focada nos gêneros hip-hop, pop e R&B. O que mais te atraiu nesses estilos?

[Ryan Lane]: O que mais me atraiu nesses estilos? Eu sou um filho da música. Eu cresci com todos os tipos de música, então sou influenciado por tudo, desde hip hop, pop, R amp, entry, rock and roll. Eu apenas sinto que com a música, não deveria haver nenhum limite. Basta criar. Claro, muitas pessoas são colocadas em uma caixa ou gênero em si, mas comigo, eu gosto de criar um experimento. Então, todas as coisas que eu amo ouvir são o que eu gosto de incluir na minha música. Pode ser a narrativa da música sertaneja. Podem ser as harmonias de músicas de R&B. Pode ser a influência do hip hop e a cadência ou como você diz as coisas ou expressa às coisas. Todas essas coisas são influências diferentes que eu extraio de todos os lugares. Então, sou influenciado por tudo o que ouço e amo para ser honesto.

[Ryan Lane]: What attracted me most about these styles? I am a child of music. I grew up with all types of music, so I’m influenced by everything from hip hop, pop, amp, entry, rock and roll. I just feel like with music, there shouldn’t be any limits. Just create. Sure, a lot of people are put in a box or genre itself, but with me, I like to create an experiment. So all the things I love to hear are what I like to include in my music. It could be the narrative of country music. It could be the harmonies of R&B songs. It could be the hip hop influence and the cadence or how you say things or express things. All these things are different influences that I draw from everywhere. So I’m influenced by everything I hear and I love it to be honest.

Sobre sua trajetória no cenário musical, gostaríamos de saber um pouco sobre seus primeiros contatos com a música?

[Ryan Lane]: Lembro-me de quando eu era mais jovem, meu tio era uma grande cabeça da música, certo? Ele adorava música R&B. Ele realmente amava todos os tipos de música porque esses são os diferentes artistas que me influenciaram desde muito jovem. Reeba McIntyre, Gladys Knight, Yolanda Adams, Meatloaf. O nome dele, ele tinha. E eu só me lembro de estar sempre no porão dele ouvindo música e brincando com seus CDs, lendo os livrinhos lá atrás, eu lia tudo nos livrinhos, sabe o que quero dizer? E eu sempre carrego isso comigo. Lembro-me de usar inúmeras baterias no meu Walkman. Isso é tudo que eu queria. Quando todas as crianças estavam do lado de fora se divertindo brincando, eu estava no porão ouvindo música, estudando, se preferir.

Eu não tenho certeza da idade exata, mas eu lembro que era com certeza durante o ensino fundamental, porque eu me lembro de ir para a escola e ficar tipo, eu quero cantar, eu quero cantar. Eu quero estar no clube glee. A música sempre fez parte da minha vida. Só me lembro de ser um pouco solitário. Mas toda vez, a música estava lá, eu tinha música para me fazer companhia e ouvir e aprender e expandir. Então, em uma idade muito jovem, eu fui exposto à música muito cedo.

[Ryan Lane]: I remember when I was younger, my uncle was a big head of music, right? He loved R&B music. He really loved all types of music because these are the different artists that influenced me from a very young age. Reeba McIntyre, Gladys Knight, Yolanda Adams, Meatloaf. His name, he had it. And I just remember always being in his basement listening to music and playing with his CDs, reading the little books back there, I read everything in the little books, you know what I mean? And I always carry that with me. I remember using countless batteries in my Walkman. That’s all I wanted. When all the kids were outside having fun playing, I was in the basement listening to music, studying, if you will.

I’m not sure the exact age, but I remember it was during elementary school, because I remember going to school and being like, I want to sing, I want to sing. I want to be in the glee club. Music has always been part of my life. I just remember being a little lonely. But every time, the music was there, I had music to keep me company and listen to and learn and expand. So, at a very young age, I was exposed to music very early on.

Illtown Sluggaz (Foto: Divulgação)

Nos últimos tempos, seu nome tem crescido cada vez mais, principalmente pelas apresentações ao vivo em diversos shows onde toca para milhões de pessoas. Como funciona seu processo de preparação e quais são suas expectativas antes das apresentações?

[Ryan Lane]: Não tenho muitos rituais ou coisas que faço para me preparar. Uma coisa que eu faço, certifique-se de que em todos os momentos eu tomo um minuto e vou a um canto e rezo. E agradeço a Deus pelos dons que ele me deu. Eu rezo pela minha energia enquanto estou no palco, meus vocais, minhas letras, a energia do público, para ter certeza de que tudo dê certo. Claro que eu bebo meu chá, meu casaco de garganta e coisas assim, mas muito simples quando se trata de preparação. Eu sei que quanto a estar em turnê, nós temos ido direto para o palco onde nós só temos uma pausa de 20 minutos para nos refrescarmos, trocarmos de roupa e estarmos de volta ao palco. Eu apenas me certifico de ter esses momentos privados especiais, me certifico de estar protegido e de subir ao palco. Mas, claro, o chá, e ir com calma e relaxar antes de matá-lo.

[Ryan Lane]: I don’t have a lot of rituals or things I do to prepare myself. One thing I do, make sure that at all times I take a minute and go to a corner and pray. And I thank God for the gifts he has given me. I pray for my energy while I’m on stage, my vocals, my lyrics, the energy of the audience, to make sure everything works out. Sure I drink my tea, my throat coat and stuff like that, but very simple when it comes to preparation. I know as far as touring, we’ve gone straight to the stage where we only have a 20 minute break to freshen up, change clothes and be back on stage. I just make sure that I have these special private moments, I make sure that I’m protected and that I get on stage. But of course tea, and take it easy and relax before you kill him.

Como DJ e músico, o que você acha que mais te move e te inspira como artista?

[Ryan Lane]: Eu diria que isso deve ter mudado recentemente desde que estava em turnê. Eu diria antes desta experiência, inspirado por tudo. Inspirado por escrever músicas, música, como a música faz você se sentir. Mas eu realmente sinto que agora, estando em turnê e me apresentando na frente de milhares de pessoas todas as noites, eu realmente me inspiro neles e em como eles se sentem. Muitas vezes, mesmo nesta turnê, tenho pessoas na plateia chorando quando canto. E isso é muito inspirador. Isso me faz querer ficar lá em cima por mais tempo e continuar cantando. Não para que a pessoa continue com os olhos arregalados, mas estamos tendo uma conexão. Como se eu estivesse tocando as emoções dessa pessoa e seus sentimentos.

E como artistas, é exatamente isso que você quer fazer. Eu pensei antes disso, era tudo sobre o sentimento e a música e como você a ouve, mas estar na frente deles e testemunhar essa emoção crua é tão inspirador para mim. Apenas criar em geral, eu amo, e é inspirador, mas recentemente nesta turnê, são as pessoas.

São apenas pessoas comuns em todos os Estados Unidos, em todo o mundo, e eles realmente gostam do que tenho e do que tenho a oferecer. Então isso tem sido uma das coisas mais inspiradoras. E também estou em turnê com Legends. Isso é inspirador em geral. Se eles não estão reclamando, eu não estou dizendo uma palavra. Você sabe o que eu estou dizendo? Eu sei que isso é o que é preciso. Estou inspirado por isso. Eu sou inspirado por eles e como eles se comportam e como eles tratam seus fãs. Então você pode ter que voltar com essa pergunta, porque ela vem evoluindo recentemente, com certeza.

[Ryan Lane]: I would say that must have changed recently since touring. I would say before this experience, inspired by everything. Inspired by writing songs, music, how music makes you feel. But I really feel like now, being on tour and performing in front of thousands of people every night, I really get inspired by them and how they feel. A lot of times, even on this tour, I have people in the audience crying when I sing. And that’s very inspiring. It makes me want to stay up there longer and keep singing. Not to keep the person wide-eyed, but we’re having a connection. Like I’m touching this person’s emotions and his feelings.

And as artists, that’s exactly what you want to do. I thought before that, it was all about the feeling and the music and how you hear it, but being in front of them and witnessing that raw emotion is so inspiring to me. Just creating in general, I love it, and it’s inspiring, but recently on this tour, it’s the people.

It’s just ordinary people across the United States, all over the world, and they really like what I have and what I have to offer. So that’s been one of the most inspiring things. And I’m also on tour with Legends. This is inspiring in general. If they’re not complaining, I’m not saying a word. Do you know what I’m saying? I know this is what it takes. I’m inspired by this. I’m inspired by them and how they behave and how they treat their fans. So you might have to come back with that question, because it’s been evolving recently, for sure.

Illtown Sluggaz (Foto: Divulgação)

Uma das grandes tendências que vem marcando o universo artístico são os projetos NFT, nos quais você já fechou diversas parcerias. Como você tem observado o crescimento desse movimento?

[Vin Rock]: Eu acho que existem várias formas de NFT. A maioria das pessoas está monetizando estritamente NFTs na forma de arte, mas para mim, trata-se de utilidade e acesso. Porque da maneira como construímos nossa oferta de NFT, quando você possui o An Illtown Sluggaz NFT, eventualmente terá acesso…

[KayGee]: Acesso a um cofre, onde você tem acesso exclusivo a determinados eventos, acesso a códigos de desconto para nossas mercadorias, acesso a concertos e shows secretos, etc.

[Vin Rock]: I think there are many forms of NFT. Most people are strictly monetizing NFTs in the art form, but for me, it’s about utility and access. Because the way we’ve built our NFT offering, when you own An Illtown Sluggaz NFT, you’ll eventually have access…

[KayGee]: Access to a vault, where you have exclusive access to certain events, access to discount codes for our merchandise, access to secret concerts and shows, etc.

Por fim, quais têm sido seus planos de carreira de curto, médio e longo prazo? O que podemos esperar do Illtown Sluggaz no futuro?

[Vin Rock]: O plano de longo prazo para o Slugga Music é se tornar uma plataforma multimídia de digital e metaverso para criptomoedas para festivais de música e séries de concertos, tanto no mundo físico quanto na extensão da web 3/metaverse.

[KayGee]: Bem como gerenciamento de artistas, desenvolvimento de artistas e gravadora, televisão e cinema. Apenas uma empresa de multimídia bem completa e plataforma multimídia para artistas independentes e emergentes com visão de futuro.

[Vin Rock]: The long-term plan for Slugga Music is to become a cryptocurrency digital and metaverse multimedia platform for music festivals and concert series, both in the physical world and in the web 3/metaverse extension.

[KayGee]: As well as artist management, artist and label development, television and film. Just a well-rounded multimedia company and multimedia platform for forward-thinking independent and emerging artists.

Acompanhe Illtown Sluggaz no Instagram

Quer acompanhar mais as novidades da coluna? Siga Luca Moreira no Instagram e no Twitter!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio