Anitta
Anitta (Foto: Reprodução/ Instagram)

Namorar sempre rendeu uma boa mídia. Um novo affair sempre garante bons cliques para os sites, e também para o artista em questão, e Anitta sabe muito bem disso. Aos 27 anos, a cantora não fica sozinha, emenda um relacionamento no outro. É comum nessa idade darmos mais valor a quantidade, do que a qualidade. É uma mistura de desejo com autoafirmação, na verdade, qual homem solteiro diria não para Anitta?

Jovem, famosa, rica e ainda com uma casa confortável para receber os seus escolhidos, sim, porque nessa etapa da vida, ela escolhe. Errada não está. Anitta aprecia números, foi capaz de lançar dez clipes no mesmo dia, e claro, bombou na mídia. Atribuiu também como sua, a música “Onda Diferente”, quando a composição pertence de fato a Ludmila e ao rapper Snoop Dogg, encerrando assim a amizade com Lud, mas isso não importava naquele momento, não somava, não gerava números.

Recentemente terminou mais um namoro.


Bom…Agora eu sei ao menos quem é Gui Araújo, mas, como boa Anitta que é, e sem querer sair dos holofotes, já está com um novo alvo, é preciso aumentar. O que? O amor? O sexo?

A resposta é simples: NÃO. É preciso aumentar os números! Mais namorados, portanto mais notícias.Talentosa, ela é ainda generosa, divide sua fama internacional com os affairs desconhecidos, eles aproveitam, ganham notoriedade, ela, monetiza. Não é uma tarefa fácil separar a vida profissional da pessoal. Quando o lado amoroso começa a sobressair, a impressão que me passa, é que a cantora começou a deixar de ser sucesso com suas músicas, e percebendo isso, já apelou para a vida pessoal, aliás…Pa Pa Pa queremos novos números Anitta! De músicas de sucesso…Vai malandra! Você consegue, és poderosa!

Me siga no Instagram @gomessolange! Entre em contato comigo através do e-mail Colunasolangegomes@gmail.com