Sandra Bullock
Sandra Bullock (Foto: Divulgação)

Sandra Bullock afirmou que foi assediada sexualmente na adolescência. Em entrevista à revista InStyle, a atriz conta que ficou paralisada com a situação e fala sobre ter doado US$ 500 mil para uma campanha que luta contra o assédio sexual.

Leia também: Vovó babona, ativar! Leda Nagle comemora gravidez de Sabrina Sato nas redes sociais

“Aconteceu comigo quando eu tinha 16 anos. E você fica paralisada até certo ponto, pensando: ‘alguém acreditará em mim?'”, disse ela, que em seguida falou sobre a campanha Time’s UP: “É fácil dar dinheiro para pessoas que são incrivelmente corajosas e sinceras”.


Veja mais: Flávia Alessandra muda visual e aparece platinada

Bullock seguiu fazendo uma observação sobre o movimento e disse que é dever das mulheres fazer o que puderem para ajudar. “A Time’s Up não é apenas sobre atrizes – é sobre a mãe solteira que foi abusada, intimidada e sofreu assédio sexual e está tentando fazer os dias mais seguros. Eu posso dizer com segurança que não há uma pessoa que eu conheça que não tenha experimentado alguma forma de assédio ou que não conheça alguém [com quem aconteceu]”, concluiu.