Leo Franco
Leo Franco (Foto: Leo Franco/ AgNews)

Lexa reuniu amigos e familiares no Espaço Jardim Europa, na zona oeste de São Paulo, na noite deste domingo (1), para celebrar os seus 25 anos de idade. A estrela fez aniversário no último dia 22 de fevereiro.

Em conversa com o Observatório dos Famosos, a cantora falou sobre a escolha do tema ‘Laje da Lexa. “Esse tema é toda a minha infância, da onde eu vim, eu sou carioca do Rio de Janeiro, da comunidade. Meu primeiro aniversário foi em uma laje, então eu quis fazer essa reconstrução”, explicou.

A estrela, que recentemente lançou música e clipe Treme Tudo, explicou que o ‘Continua…’, destacado ao final do vídeo, tem muito a dizer. “Existe a continuação de um trabalho congruente. Vem ai no primeiro semestre o lançamento do meu CD, estou bem focada nisso. Continua é uma releitura do meu trabalho”, revelou.


Com a agenda preenchida no Carnaval que passou, Lexa se diz realizada. “Eu não estou acreditando que acabou o Carnaval, consegui cumprir tudo… Haja energia”, reconhece.

Na festa popular do Rio de Janeiro, Lexa estreou como Rainha de Bateria no grupo especial pela Unidos da Tijuca. “Meu terceiro ano como Rainha de Bateria do acesso, mas à frente do grupo especial foi o meu primeiro ano com a Tijuca“.

Durante o desfile, a cantora levou um tombo no centro da Marquês de Sapucaí. Apesar do imprevisto, ela fez questão de esclarecer que não chorou pela queda, diferente do que foi espalhado nas redes sociais com fotos.

“Antes de eu entrar, eu vi a galera associando uma imagem minha chorando, com depois do escorregão. Não era verdade. Eu estava chorando antes, depois do escorregão eu estava sorrindo. Aquela avenida é inexplicável. Se fosse mais um pouquinho, eu tinha jogado o cabelo, tinha feito todo o paranauê”, diverte-se.

Sobre críticas, a cantora disse que fez um belo trabalho. “Teve pouco, acho que a galera muito mais viu como um ‘caiu, levanta’. Não achei graça, achei plena eu caindo e levantando. Maravilhosa!!”.

A cantora revelou que foi ela quem contou para a mãe, Darlin Ferrattry, que caiu na avenida durante o desfile. “Na hora que eu caí, a minha mãe não viu. Depois eu contei pra ela… Ela viu que estava muito escorregadio, mas deu tudo certo. Orgulhosa, ela estava muito feliz”, concluiu.