Sucesso nos anos de 2005 e 2006, Perlla ressurgiu no cenário funk após sete anos cantando músicas gospel. A morena em entrevista ao jornal Extra falou contou um pouco de como será sua nova fase, e afirmou que não fará o quadradinho em seus shows:

Leia também: Anitta convida fãs para festa com participação de Pablo Vittar

”Antes era apenas eu, agora tem um monte. Não vou fazer o que todo mundo faz, sempre tive personalidade. Me perguntaram se eu sabia fazer o quadradinho, não sei, mas também não é o meu perfil. Venho com uma proposta diferente de dança. Tenho um lado sensual, mas tudo tem um limite”, disse a morena dona dos hits Tremendo Vacilão e Totalmente Demais.


A artista atualmente se diz mais preparada para lidar com a fama, e seus malefícios. Perlla relembrou seu término de noivado com Léo Moura, então jogador do Flamengo em 2009: “Foi um baque. As pessoas não têm noção de como isso afeta avida de uma pessoa. Era noiva dele, ficou chato para a outra parte. Sempre tive minha carreira, minha vida e as pessoas só falavam disso, descartando tudo que construí. Ficava mal e afetava o profissional, não queria sair de casa. Tive vergonha, foi uma traição escrachada. Naquele momento, queria ficar sozinha. E todo mundo só falava disso”.

Hoje, a cantora é mãe de Peróla, de 5 anos, e Pietra de 4 anos, fruto de seu relacionamento com o músico Cássio Castilho, que segundo ela, a ajudou a se encontrar: “Precisei passar muita segurança. A gente está junto, tendo o cara gritando gostosa ou ninguém falando nada. O cara vai gritar, mas quem vai dormir comigo é o meu marido”.