Escalado para ser um dos competidores da segunda temporada do Dancing Brasil, reality da Record apresentado por Xuxa Meneghel e que estreia na próxima segunda (24), Theo Becker relembrou sua polêmica participação na primeira temporada de A Fazenda, em 2009.

“Direcionei a minha vida para um lado errado, vivi num mundo paralelo onde não era eu. Sofri dez anos na pele do cara que eu criei, e a culpa foi minha. Dei material para as pessoas terem nojo de mim. Agora é a minha chance. Antes de eu perder as forças, tenho que tentar entrar de novo nos trilhos e abrir as portas para mim novamente. Isso é o mais importante”, afirmou o ator ao jornal O Estado de S. Paulo.

O astro contou ainda que sua família disse que ele nunca mais conseguiria trabalhar depois do programa. “Falei que era um personagem, mas minha família disse que não era, que eu tinha ficado daquele jeito. E eles me mostraram. Aí eu vi, ficou mal explicado e ficou realmente parecendo que eu era um louco. E estou há dez anos tentando desfazer esse enigma. É a coisa mais difícil da minha vida”, lamentou o artista.


Diretor justifica ex-concorrentes de outros realities em A Fazenda: “Criaram uma legião de fãs e não foram vencedores”

Becker encara a competição de dança como uma oportunidade de conseguir retomar a carreira na TV e mostrar um outro lado. “Tenho feito bicicleta, corrida e alongamento. Estou preparando o meu corpo o máximo que eu posso para ter um bom desempenho. Fico estudando até não aguentar mais. A professora que tem que pedir para parar e dizer ‘chega’. Estou dando o meu máximo. Não me permito ter preguiça nesse momento. E o meu ego é o menor que existe no mundo no momento”, concluiu.