Marina Araújo
Marina Araújo (Foto: Reprodução/Globo)

Nesta sexta-feira (07), a repórter da Globo Marina Araújo foi vista jogando vôlei de biquíni, em praia do Leblon, com alguns amigos. A famosa optou por um tomara que caia preto e uma calcinha listrada.

Em junho, ela foi feita de refém na sede da Globo, no Rio de Janeiro. O homem que invadiu o local estava procurando por Renata Vasconcellos. Nas redes sociais, Marina falou sobre a situação que passou.

Leia mais: Renata Vasconcellos surge ao lado de irmã gêmea idêntica: “Beleza em dose dupla”


“Agradeço imensamente pelas mensagens de solidariedade e carinho, depois do episodio. Me vi em uma situação limite, incontrolável, mas tentei manter a calma”, falou, na época.

“Tive fé. Falei o que podia pra acalmar os ânimos. Contei historias e deu certo. Agradeço ao coronel Heitor e a Renata… E todos que ficaram do meu lado até eu vir pra casa”, disse ainda.