Bárbara Paz lança filme no Festival do Rio e se emociona: “Poema visual”

Publicado há um ano
Por Karla Sthéfany Lima
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A atriz Bárbara Paz lançou o filme ‘Babenco – Alguém Tem que Ouvir o Coração e Dizer: Parou’, no Festival do Rio, no último domingo (15). Durante o evento, ela se emocionou ao falar do longa, que aborda a vida do cineasta Hector Babenco.

“O filme é um poema visual, minha ode a Hector. E também minha despedida dele. O filme revela através de meu olhar seu interior e seu amor pelo cinema, que o ajudou a mantê-lo vivo por muitos anos. Ele morreu como ele viveu, filmando até o fim”, disse ela, sobre o ex-marido que foi vítima de parada cardíaca.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Junto com Bárbara, Myra Babenco, Caio Gullane e Fabiano Gullane, produziram o filme, que foi premiado no Festival Internacional de Cinema de Veneza. No começo do ano, Paz usou as redes para lamentar a morte da amiga e atriz Etty Fraser. “Em direção ao sol, sempre. Para Etty Fraser minha amiga que hoje virou luz. Seu sorriso já habita em mim”, falou, na época.

‘Uma Rosa com Amor’, ‘Sassaricando’ e ‘Torre de Babel’, foram algumas das novelas em que Etty fez parte. Ela morreu aos 87 anos, sofrendo de insuficiência cardíaca, em São Paulo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio