Forbes elege Beyoncé a maior performer feminina do momento

Publicado em 21/03/2022 16:00
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O colunista Steve Baltin, da Artes da Forbes, elegeu Beyoncé como a maior performer feminina da atualidade. Além disso, ele descartou nomes como Rolling Stones, Paul McCartney e Bruce Springsteen.

Mas, o rapaz não conseguiu pontuar apenas um, e citou quatro, sendo eles: John Mayer, Eminem, Foo Fighters e Beyoncé.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O colunista cita a performance da cantora no festival Coachella, que virou especial na Netflix, como um dos principais marcos da carreira de Beyoncé e a comparou com nomes como Mick Jagger e Prince.

Billboard escolhe música de Beyoncé como a mais romântica do século

Beyoncé não está lançando muitas músicas ultimamente. No entanto, está concorrendo ao Oscar, ela tem também seu catálogo musical aclamado pela Billboard, que elegeu “Love on Top”, como a música mais romântica do século.

Para comemorar o Valentine’s Day, o Dia dos Namorados, a Billboard elegeu as 50 músicas mais românticas do século, colocando “Love On Top”, de Beyoncé no topo.

Beyoncé e Billie Eilish são indicadas ao Oscar de “Melhor Canção Original”

Beyoncé e Billie Eilish conseguiram uma indicação ao Oscar, na categoria de “Melhor Canção Original”. Para ambas, a primeira indicação na principal premiação do cinema internacional.

Beyoncé está concorrendo com a faixa “Be Alive”, que ela também canta. A faixa faz parte da trilha sonora do filme “King Richard”.

Billie Eilish, por sua vez, está concorrendo por conta da música “No Time to Die”, trilha sonora do mais recente filme da franquia “007”.

Vale lembrar que o prêmio de “Melhor Canção Original” é entregue aos compositores da música, não ao intérprete.

Confira todos os indicados para “Melhor Canção Original”:

  • “Be Alive” – Beyoncé, Dixson (“King Richard”)
  • “Dos Oruguitas” – Lin-Manuel Miranda (“Encanto”)
  • “Down to Joy” – Van Morrison (“Belfast”)
  • “No Time to Die” – Billie Eilish, Finneas (“No Time to Die”)
  • “Somehow You Do” – Diane Warren (“Four Good Days”)

Jay-Z afirma que Beyoncé é uma evolução do Michael Jackson

Jay-Z fez questão de enaltecer sua esposa, Beyoncé, durante um bate-papo com Alicia Keys e Rob Markman no Twitter Spaces. O rapper comparou a diva pop e seu impacto no mundo da música ao lendário Michael Jackson.

“Bey vai ficar bravo com isso que vou dizer”, começou Jay-Z antes de afirmar: “Encontre para mim um show que seja culturalmente relevante e emocionante como o Coachella (…) Michael Jackson nunca teve um Coachella, ela é uma evolução dele porque ela o assistia aos 9 anos. E as crianças são as mesmas. Beyoncé vai ser uma das melhores cantoras que já ouvimos, porque ela é uma aluna.”

É claro que a declaração de Jay-Z rapidamente repercutiu nas redes sociais. Muitos internautas concordaram com a opinião do rapper, enquanto outros acreditam que o legado do Rei do Pop é incomparável.

Beyoncé está entre as 100 mulheres mais poderosas do mundo

Beyoncé, Rihanna e Taylor Swift foram incluídas na lista anual da Forbes com as “100 mulheres mais poderosas do mundo”. O ranking de 2021 foi divulgado nesta terça-feira (7).

A poderosa Rihanna aparece em 68º lugar, sendo a melhor posicionada entre as cantoras. “Rihanna, a exportação mais famosa de Barbados, agora é bilionária, graças ao sucesso da linha de cosméticos Fenty Beauty. A empresa de cosméticos, que ela é co-proprietária da varejista francesa de luxo LVMH, gerou mais de US$ 550 milhões em receita em 2020“, diz a revista.

Beyoncé, por sua vez, figura em #76,. “Em abril de 2019, a estrela pop lançou ‘Homecoming’, um álbum ao vivo e um especial da Netflix sobre sua performance inovadora em 2018 no Coachella. Sua participação na empresa de cosméticos de rápido crescimento compreende a maior parte de sua fortuna“, enalteceu a Forbes.

Já Taylor Swift aparece na 78ª posição. “Em 2021, Taylor Swift começou a lançar regravações de suas músicas antigas para recuperar seus direitos de propriedade. Red (Taylor’s Version) se tornou seu décimo álbum a alcançar o número 1 na Billboard 200“, destacou a publicação. “Em julho de 2020, Swift lançou ‘folklore’, escrito e produzido inteiramente em quarentena. Foi o primeiro álbum do ano a vender 1 milhão de unidades. Em dezembro, ela lançou ‘evermore’“,

Clique aqui para conferir a lista completa.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio