Gloria Groove conta tudo sobre o álbum “Lady Leste” no Faixa a Faixa

A artista fala tudo sobre cada faixa presente em “Lady Leste”: conceito, referências, processo criativo, parcerias e muito mais sobre esse disco que celebra um novo momento de sua carreira

Publicado em 24/02/2022 11:14
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Que “LADY LESTE” é um sucesso ninguém pode negar, desde o lançamento do primeiro single do álbum, Gloria Groove já mostrou para os fãs que poderiam manter suas expectativas lá em cima. Como a bonequinha não sabe mesmo brincar, não teve jeito, o lançamento caiu nas graças do público, superando em 115% seu último pico de streams e colocando a artista no top 20 dos mais ouvidos no Brasil na Deezer. O álbum traz treze faixas que transitam entre diversos gêneros musicais e celebram, não apenas a versatilidade da artista, mas também essa nova fase da sua carreira. 

Em um bate-papo super descontraído no Faixa a Faixa, projeto Originals da Deezer, Gloria Groove, conta tudo sobre cada uma das composições presentes no disco e para iniciar a conversa, a artista fala sobre a primeira faixa do álbum, “SFM”. Feita em parceria com o MC Hariel, de quem Gloria Groove diz ser muito fã, o nome da música é uma sigla para a expressão “Sexta-feira Maluca” e segundo ela, a escolha de um funk com uma letra falando sobre o ínicio do final de semana foi a opção perfeita para dar a largada de “LADY LESTE”. Para a artista, a ideia foi, justamente, passar a sensação de abrir a pista e preparar o público para o que está por vir.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Seguindo de um sucesso para outro, a segunda faixa não é nada mais do que um dos maiores sucessos da artista “BONEKINHA”. A música foi o primeiro single do álbum a ser divulgado e celebra a nova fase da artista, “a minha intenção com esse som foi justamente fazer um hino de celebração a um novo eu que sentia estar chegando, um novo momento de autoconfiança que merecia uma música tema”, explica.   

Na sequência, Gloria Groove fala sobre a faixa “VERMELHO”, que celebra a vida e a obra do MC Daleste, assassinado em 2013, através de um sample do sucesso do MC “Mina de Vermelho”, “eu tive a ideia de fazer essa faixa quando associei a história da música dele com a minha antiga obsessão por essa cor e com o tema do álbum”, diz. Depois, mudando um pouco os gêneros musicais, vêm “FOGO NO BARRACO”, um pop samba, e “TUA INDECISÃO”, um pagode feito em parceria com o Sorriso Maroto e que, segundo ela, é a faixa mais romântica do disco. “Eu tive a sorte de apresentar esse som para o Bruno Cardoso, que amou e topou fazer parte na mesma hora! É muito mágico para mim dizer que eu tenho, no meu álbum, um pagode com o Sorriso Maroto, o que eu mais escutei em casa com a família”, exclama. 

Em seguida vêm “APENAS UM NENÉM”, um arrocha feito em parceria com Marina Sena, que para Gloria, trouxe a vibe perfeita para complementar a música, e “JOGO PERIGOSO”, um reggaeton que é, segundo a artista, a faixa mais antiga do álbum, tendo sido composta há quase três anos, mas que ficou engavetada, esperando por um momento de trabalho em que ela fizesse sentido.

A conversa segue com as faixas “GRETA” e “PISANDO FOFO”, até chegar em “LEILÃO”. Nessa canção, que também já é queridinha do público, Gloria Groove conta que ela traz uma reflexão acerca da relação do seu trabalho com o mercado musical e sobre como a sua trajetória tem sido sobre saber o seu valor. “A música é livremente inspirada na minha vivência em mesa de reunião, com a minha equipe analisando projetos e propostas. Então essa virou a faixa mais ‘caprica’ do álbum”, explica. 

Depois vêm “LSD”, um R&B rock sobre o lado mais sombrio da fama, e “A QUEDA”, que foi lançada como segundo single do disco e se tornou sucesso absoluto. Para a artista, a faixa foi um divisor de águas e fala sobre o tema do ódio coletivo. Trazendo um certo tom de ironia no texto, Gloria Groove conta que, acima da excelente construção do clipe e da música, o sucesso da composição se deu muito por conta da mensagem que carrega.

Para fechar com chave de ouro, “SOBREVIVI”. Feita em parceria com Priscilla Alcântara, considerada pela drag queen uma das maiores vozes que temos hoje no Brasil, a faixa surgiu a partir de referências de rock clássico e da vontade da Gloria em fazer uma carta de amor para os fãs. “O resultado é um hino de amor e de empoderamento, com um clima de final de show em um estádio bem grande, que ficou mais impactante ainda com a contribuição da Pri. O álbum se encerra num tom esperançoso, emocionante e muitíssimo apaixonado pela vida. É a Lady Leste olhando para o futuro com tudo o que aprendeu no passado”, conclui.

Ficou curioso para saber todos esses detalhes e muito mais dos bastidores das gravações e do processo de criação de “LADY LESTE”? Clique aqui e escute este conteúdo exclusivo da Deezer na íntegra!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio