Advogado de Britney Spears pede que irmã da cantora não a cite mais

Publicado em 19/01/2022 12:23
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A briga de Britney Spears e sua irmã, Jamie Lynn Spears, não terá fim tão cedo. Desse modo, agora, o advogado da artista, que conseguiu colocar fim em sua tutela, acabou falando sobre o assunto e pedindo para que Jamie não cite mais a Princesinha do Pop.

“Prezada Sra. Spears: Como você sabe, eu represento sua irmã Britney Spears, e escrevo a seu pedido sobre o assunto acima mencionado. Escrevemos com alguma hesitação porque a última coisa que Britney quer é trazer mais atenção para seu livro inoportuno e suas afirmações enganosas ou ultrajantes sobre ela”, começa a carta.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Embora Britney não tenha lido e não pretenda ler seu livro, ela e milhões de seus fãs ficaram chocados ao ver como você a explorou para ganhar dinheiro. Ela não vai tolerar isso, nem deveria.”, continua Rosengart.

“Você, mais do que todas as pessoas, sabe o abuso e as irregularidades que Britney teve que suportar durante a tutela, depois de inicialmente crescer com um pai alcoólatra. Na verdade, seu próprio livro afirma que seu pai “passou a maior parte da minha vida nesse ciclo de comportamento ruinoso. Suas crises de bebida me causaram períodos de tormento e tristeza”, prossegue a carta, enviada após troca de farpas entre as irmãs nas redes sociais e na mídia.

“Como eu disse anteriormente, tendo sofrido uma tutela de 13 anos que a privou de direitos civis e liberdades fundamentais, Britney não será mais intimidada por seu pai ou qualquer outra pessoa. Britney era o ganha-pão da família e ela também apoiou você. Divulgar publicamente reclamações falsas ou fantasiosas é errado, especialmente quando projetado para vender livros. Também é potencialmente ilegal e difamatório”, afirma a declaração.

(Foto: Reproduçã)

Por fim, Rosengart “exige” que Jamie Lynn não fale sobre sua irmã durante a divulgação do livro. “Você recentemente declarou que o livro ‘não era sobre ela’. Ela acredita em sua palavra e nós, portanto, exigimos que você pare e desista de fazer referência depreciativa a Britney durante sua campanha promocional“.

Britney Spears revela que deveria ter batido na irmã

Britney Spears não fica mais quieta para o que as pessoas falam sobre ela, principalmente sua família. Na noite de ontem (18), a artista publicou um textão em seu perfil no Instagram, afirmando que deveria ter dado um tapa na cara dela e da mãe!

Eu voei para casa para Jamie Lynn no sofá assistindo seus programas de TV logo depois que Justin e eu terminamos… Eu era um fantasma lá   !!!!! Trabalhei a vida inteira e não sabia como ser servida pela mamãe… Sentar lá e ser servida os milkshakes de chocolate com o gelo perfeitamente picado com o açúcar secreto enquanto Jamie Lynn tem 12 anos, ela se entrega à TV por horas depois vai deitar numa jangada na piscina… estou em choque porque esta nunca foi a minha vida!!!!

A família de Justin era tudo o que eu conhecia por muitos anos… As coisas estavam diferentes agora e Jamie Lynn tinha um novo programa da Nickelodeon… Tudo que eu lembro de dizer foi “CARAMBA !!! Como diabos uma criança de 12 anos consegue um show da Nickelodeon ????” ….. HMMMMMMMM …. Bem, eu nunca recebi minha bebida gelada de chocolate  !!! Quero dizer, sim… eu sou crescida né??? Mas então talvez eu precise de um pouco de apoio…

Era uma capa da People Magazine… As pessoas aparecem e como Jamie Lynn diz, eu estava com medo !!!! Porra sim!!! Minha mãe estava tomando analgésicos e mal conseguia manter uma conversa em casa porque ela e meu pai se separaram e ela estava mais bagunçada do que qualquer coisa !!!! Eu me lembro dela sentada no chão em uma conversa e ela nunca se levantou… e me desculpe Jamie Lynn, eu não fui forte o suficiente para fazer o que deveria ter sido feito… ter dado um tapa em você e mamãe bem na cara de vocês!!! !!

Irmã de Britney Spears mostra pedido de desculpas que teria recebido da cantora

A irmã de Britney Spears afirma ter recebido um pedido de desculpas recente da cantora. De acordo com o site Page Six, Jamie Lynn compartilhou a mensagem de texto com o público em seu novo livro de memórias.

“Em uma mensagem recente da minha irmã, ela declarou: ‘Sei que não é sua culpa e sinto muito por estar tão brava com você. Embora eu seja sua irmã mais velha, preciso de você mais do que você precisa de mim e sempre precisou’”, escreve a atriz no livro “Things I Should Have Said” (“Coisas que eu deveria ter dito”).

As irmãs Spears estão em desacordo há anos, pois Britney sente que não recebeu apoio de Jamie Lynn durante sua batalha contra a tutela.

Embora não esteja claro quando a estrela pop teria enviado o pedido de desculpas, a atriz o incluiu no capítulo de seu livro que detalha a audiência bombástica de junho de 2021, no qual Britney disse que sua família “deveria estar na cadeia” por se aproveitar dela por quase 14 anos.

“Eu rezo pelo dia em que ela compartilhe essas palavras com o mundo,” Jamie Lynn escreve sobre o suposto pedido de desculpas de Britney. “Não tenho controle sobre nada que a mídia relata e não posso ser responsabilizada por algo sobre o qual não tenho absolutamente nenhum controle.”

Jamie Lynn relembra término de Britney Spears e Justin Timberlake

Em um episódio do podcast Call Her Daddy, Jamie Lynn revelou que era difícil assistir o sofrimento de Britney após o término de seu relacionamento com Justin Timberlake.

Em uma prévia compartilhada exclusivamente com a PEOPLE, ela diz: “Acho que todos pensaram que era para sempre. Fiquei tão triste, primeiro porque minha irmã estava tão triste, mas também foi a primeira vez que vi [que] talvez eu não soubesse tudo sobre o relacionamento. Talvez eles estivessem me protegendo e, obviamente, por que eles falariam comigo sobre qualquer coisa.”

Vale lembrar que Britney e Timberlake, atualmente com 40 anos, namoraram de 1998 a 2002 e a separação repercutiu na mídia.

Enquanto a atriz disse não saber “verdadeiramente” o motivo pelo qual o casal se separou, Spears disse que se solidarizava com sua irmã. Isso se intensificou após o lançamento da faixa “Cry Me a River” em 2002. A canção marcou a estreia de Justin Timberlake como artista solo, após o *NSYNC. Uma curiosidade é que ela foi interpretada como um insulto a Britney, devido as letras que sugeriam uma traição por parte da cantora.

“Eu pensei em como deve ter sido doloroso para minha irmã quando ‘Cry Me a River’ saiu”, confessa Jamie Lynn. “Não me entenda mal, tipo, essa é uma maneira de lançar sua carreira solo, certo? Essa é uma maneira de fazer isso, mas eu me senti muito triste. E minha irmã, ela escreveu aquela música ‘Everytime’ e ela é muito brilhante com qualquer coisa criativa e ela escolheu essa música no piano e ela escreveu e ainda me faz chorar porque eu penso em como ela estava com o coração partido, porque essa era a música dela e aquela era a música dele.”

No entanto, no ano passado, quando o documentário do New York Times, Framing Britney Spears trouxe novamente atenção para o assunto, Timberlake se desculpou publicamente com Britney.

Lamento profundamente os momentos da minha vida em que minhas ações contribuíram para o problema, em que falei fora de hora ou não defendi o que era certo“, escreveu o artista nas redes sociais.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio