Bruno Gissoni explica o porquê de Felipe Simas ser um dos padrinhos de sua filha

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No domingo (27), os internautas e convidados da cerimônia, foram surpreendidos com Bruno Gissoni e Yanna Lavigne. O que era pra ser um batizado da filha, acabou virando um casamento. Contudo, o assunto não foi esquecido e o ator explicou como foi a escolha de Felipe Simas para padrinho.

Leia também: Casamento surpresa! Bruno Gissoni e Yanna Lavigne oficializam união meses após separados

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Além de escolher seu primo Matheus Gissoni e Adriana Lavigne (irmã de Yanna) como padrinhos de Madalena, o Felipe acabou também entrando nessa conversa. Bruno explicou que foi a própria filha que escolheu e ressaltou a afinidade entre os dois:

“Convenci Yanna que Madalena tinha que escolher o próprio padrinho, pois estamos quase no século 22, já que eu havia escolhido um, nada mais justo que deixar Madalena escolher o outro. Não demorou muito pra ela se decidir, foi amor à primeira vista, ela fica toda dengosa quando vê o dindo, toda toda. Além disso ELE já sabia da conexão deles, mas como o irmão mais maduro da família, sabia que o convite tinha que partir de mim, ou dela mesma no caso”.

Veja mais: Felipe Simas e Bruno Gissoni passeiam com a família em shopping do Rio de Janeiro

Vale lembrar que Bruno Gissoni já é padrinho de Joaquim (4), filho mais velho de Felipe Simas, em cerimônia acontecida em 2004, aos 6 meses do menino.

Espie: Bruno Gissoni e Yanna Lavigne selam a paz em passeio com Madalena: “nós escolhemos o amor”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio