Pocahontas faz festão de aniversário e fala sobre novo clipe: “Homem é igual biscoito: vai um, vêm dezoito”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Texto: Cris Veronez

Edição: Karla Sthefany

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mc Pocahontas está com a corda toda. A funkeira, que completou 24 anos em 17 de outubro, fez uma comemoração dupla na noite desta terça (30), em uma mansão no Rio.

Com o tema de Halloween, ela festejou o aniversário e fez o pré-lançamento do clipe de “Quer Mais?” – um feat com MC Mirella, que será lançado oficialmente no YouTube em 2 de novembro. O evento reuniu famosos como Valesca Popozuda, Mc TH, Ferrugem, Gabily, Lucas e Orelha, DJ Suellen, Vitinho e WC no Beat.

A composição de “Quer Mais?”, assinada por Wallace Vianna, Pedro Breder e André Vieira foi feita para dar um “up” em quem está sofrendo por amor: “A gente queria mesmo falar disso. Ter uma música para levantar a autoestima das mulheres. Parece que os homens são mais frios quando terminam. Claro que não vou generalizar, mas muitos deles não transparecem tanto. Já a mulher é mais sensível”, afirma a cantora, que já teve depressão durante e após o término de um relacionamento e viu que não valeu a pena passar pelo perrengue.

Leia mais: MC Pocahontas dá resposta atravessada à internauta que falou de sua idade

“Eles ficam achando que a gente vai ficar chorando, mas não vou mesmo. Vou dar risada, me divertir, curtir a vida de solteira. Homem é igual biscoito: vai um, vêm dezoito”, diz ela, aos risos. Sobre a parceria com Mc Mirella, 21, Pocahontas afirma que o que mais admira na amiga é o seu alto astral. As duas se conheceram nos bastidores do programa de Raul Gil.

“Eu e Mirella temos nos aproximado mais e pensamos: cara, temos que fazer uma música juntas. Fizemos e o resultado foi incrível. Amei de verdade. Faz toda a diferença fazer um som com alguém que você se dá bem, porque aí você consegue passar para as pessoas essa intimidade. O trabalho fica dez mil vezes melhor”, afirma, e acrescenta: “Ela é doidinha como eu. É isso que gosto. Ela não tem tempo ruim. Topa tudo sempre com um sorriso no gosto.”

A funkeira revela também que já fez um feat mal sucedido: “Já tentei trabalhar com gente que não deu certo, não bateu. A carga foi tão pesada que a música nem foi para frente [risos]”.

Veja também: Jojo Todynho posta clique com Pocahontas e DJ’s, e dispara: É hit que vocês querem?

Mudança no visual

O grande destaque da caracterização de Mc Pocahontas para o clipe de “Quer Mais?” foi a mudança nos cabelos. Ela adotou tranças loiras que chegavam até o chão: “Essa é a primeira vez que modifico meu cabelo, que é minha marca registrada. Curti tanto o resultado das tranças que fiquei com elas por uma semana”, revelou a cantora, que precisou de duas cabeleireiras e três horas para exibir as novas madeixas.

A estética do clipe também chama atenção pelo clima latino presente em uma das locações. Cores vivas da decoração e os tons quentes dos figurinos deram o tom de diversão e festa do jeito que a artista e toda a produção idealizaram. A direção fica por conta de Map Style. Ele já tinha trabalhado com Pocahontas em Perdendo a Linha.

“Ela tem muita garra e sutileza. Manteve-se focada, confiando nas pessoas e dando dicas do que gostaria e a gente vai afinando pra que as ideias se misturem e dêem resultado.”

Carreira

Mc Pocahontas diz que, sempre que faz aniversário, faz uma retrospectiva do ano que passou: “Não tenho aquela coisa de me importar em estar mais velha. Até bate um pouco, não vou negar, porque agora só faltam seis anos para os trinta. Passa um filme de tudo o que aconteceu na minha vida na cabeça. Eu tinha 16 anos quando comecei… Tem noção? É meio estranho (risos).”

A cantora afirma que este ano conheceu muita gente bacana, trabalhou bastante e se permitiu ser como realmente é, sem amarras: “Sem dúvida, foi um dos meus melhores anos nesse sentido.”

Com uma carreira que tem se destacado no cenário do funk, ela afirma que está totalmente focada no trabalho, na família e em seu papel de mãe. Solteira, Pocahontas afirma: “O cara que colar comigo hoje vai ter que levar três bagagens nas costas: eu, minha filha [Vitória, 2] e minha carreira. Vai ter que aturar, me aceitar como sou.”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio