“Quem ganhar, ganhou”, dispara Ratinho, em defesa de Bolsonaro

Publicado há 2 anos
Por Karla Sthéfany Lima
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O apresentador Ratinho surpreendeu os telespectadores, nesta última terça-feira (6). Na ocasião, ele parou seu programa, no SBT, para defender o novo presidente do Brasil, Jair Bolsonaro.

Leia mais: Valentina, do Programa do Ratinho, dá à luz seu primeiro filho

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu queria pedir para que alguns jornalistas do Brasil parem. Todo ministro que o Bolsonaro convida, tem sempre alguns jornalistas debochando. Eu acho que o período de deboche já passou. Perderam as eleições. As redes sociais ganharam. Então parem de ser canastrão, um bando de canalhas”, começou ele, completando: “É um bando de jornalistas que fica pegando dinheiro do outro lado, porque aqui ninguém é besta. E não fiquem me xingando não, porque se me xingarem eu falo o nome e aguento o processo, inclusive”, disparou.

Veja também: Há 37 anos! Ratinho surpreende ao relembrar foto do dia de seu casamento

O famoso ainda detonou a concorrência: “Eu tenho televisão a cabo em minha casa. Eu pago, não é de graça. Queria avisar isso à Globo News. Eu não sou obrigado a escutar deboches. O presidente escolheu muito bem. O Sergio Moro será o melhor ministro do Brasil, o Marcos Pontes será um bom ministro da Ciência e da Tecnologia, o Paulo Guedes será um baita de um ministro da Economia. E não adianta chorar. Eu sou a favor da democracia. Quem ganhar, ganhou”, finalizou o apresentador.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio