Isis Valverde (Foto: Reprodução/Instagram)

A atriz Isis Valverde foi capa da nova edição da revista GPS. Mãe de Rael, fruto do seu casamento com André Resende, a famosa falou um pouco sobre os pontos positivos e negativos da maternidade.

“Um processo muito rico, mas também pode ser doloroso e solitário. Afinal, a sociedade ainda tem dificuldade em acolher a mãe. E é preciso achar o próprio equilíbrio dentro da expectativa dos outros, do julgamento alheio, para não ficar extremamente preocupada com isso. Para entender quais são as opiniões que de fato importam”, opinou ela, que esteve no programa Lady Night.

Ela também falou que não concorda que ser mãe anula a mulher. “Porque isso não é real. É preciso haver espaço para as duas coisas. É um processo até entender como será a vida a partir daquele momento, que meus desejos, sonhos e vontades ainda estão ali”, falou, dando sua opinião sobre feminismo. “Acredito em direitos iguais para homens e mulheres. Machismo é a ideia de que os homens são superiores às mulheres”, começou.


Já o feminismo fala da igualdade entre homens e mulheres. Vivemos em uma sociedade machista. E buscamos nossos direitos, a liberdade de sermos quem quisermos. Isso é tão importante”, finalizou ela, que está promovendo o filme Simonal.

Isis Valverde
Isis Valverde (Foto: André Nicolau/Divulgação)