Maurício Sherman (Foto: Reprodução)

Maurício Sherman morreu na manhã dessa quinta-feira (17), com 88 anos. O ex-diretor da Globo, foi um dos pioneiros na televisão brasileira. Segundo informações do G1, de acordo com a família, ele morreu em sua casa, no Rio de Janeiro, durante a manhã. A causa da morte não foi divulgada.

Ao longo da extensa carreira, ele ajudou na criação de programas como ‘Fantástico‘, dentre outras produções na emissora. Ele também foi um dos diretores doDomingão do Faustãoe ‘Zorra Total’.

Nascido em Niterói, ele se formou em direito na Universidade Federal Fluminense. Depois de começar teatro ainda na adolescência, ele chegou na TV em 1951, em uma apresentação de A Paixão de Cristo na TV Tupi. Na emissora, ele chegou a atuar em  ‘Sítio do Picapau Amarelo’.


Em 1965, Maurício foi convidado para trabalhar na Globo, estreando como diretor no programam ‘Espetáculo Tonelux’. Já no Fantástico, ele iniciou em 1973, como um dos diretores, onde atuou por três anos. Um de seus últimos trabalhos na emissora, foi sua direção no especial ‘Chico e Amigos’, em 2009.