Xuxa (Foto: Reprodução/Instagram)

Xuxa revelou detalhes do abuso sexual que sofreu na infância, que começou quando tinha apenas quatro anos. A apresentadora da RecordTV, para falar sobre o assunto, fez um relato emocionante na sua coluna na revista Vogue.

“Vou contar um episódio que é o mais difícil que vivi nos meus 56 anos. É difícil escrever, pois tenho que reviver todos os sentimentos: culpa, raiva, impotência e medo. Mas se isso puder ajudar alguém a pelo menos entender essa tribo de gente que assim como eu sofreu abuso, já valeu meu sufoco e esforço”, iniciou.

Na sequência, ela relembrou do primeiro abuso que sofreu: “[…] Por que eu fui a escolhida? Não sei, mas me lembro de um cheiro de álcool de alguém, uma barba que machucou o meu rosto e algo que foi colocado na minha boca. Acordei dizendo que alguém tinha feito xixi na minha boca e meus irmãos disseram que eu tinha sonhado. Essa foi minha primeira experiência com abuso sexual, que, diga-se de passagem, eu não me lembro direito, mas existiram outros casos…”.


“[…] O que fiz? Me calei até os quase 50 anos, quando resolvi falar no Fantástico, pois queria divulgar o disque denúncia, o Disque 100. Queria alertar as pessoas. Nós geralmente não queremos falar, porque é feio, porque não é certo, porque aprendemos que sempre tem que ter um culpado numa situação como essa. E é claro que nos sentimos culpados – eu me sentia culpada apenas por existir”, acrescentou a mãe da Sasha.

Por fim, Xuxa falou que quer dar voz para as crianças que passaram por esse tipo de abuso: “Hoje, quero emprestar minha voz em campanhas paras crianças que não falam, não gritam e choram sozinhas. Eu preciso fazer isso por elas, já que não fiz por mim”.