Carla Maues e Ximbinha
Carla Maues e Ximbinha (FOTOS: Reprodução/Instagram)

Como noticiado anteriormente, Ximbinha está sendo acusado de ter agredido Carla Maués, ex-vocalista da sua banda Cabaré do Brega. Carla deu sua versão dos fatos para o programa Balanço Geral, da Record.

“Eu havia deixado a Clarinha [filha] em um sofá atrás de mim, e eu estava de pé. Esse homem começou a gritar como se eu fosse um lixo, com os piores palavrões que vocês podem imaginar, aquelas palavras horríveis. Eu fiquei em estado de choque, mas o meu instinto foi procurar minha filha, e quando eu olhei para a cara dela, ela estava paralisada, com o olho assustado olhando aquela cena”, falou ela.

“E aí seguiram as gritarias, gritos e agressões verbais”, disse ainda, explicando que tiveram que levar sua filha para longe, poupando-a da confusão. “Eu tive que conviver um ano inteiro com um homem dizendo que minha voz é feia, que eu sou feia, que eu sou gorda”, disparou. O ex-deputado Wladimir Costa, amigo da cantora, chegou a publicar um vídeo nas redes, acusando Ximbinha de agressão.


“O marido e a genitora dela estão aflitos. Ela foi torturada e agredida na frente da própria filha, seu vagabundo! Você agrediu a Carla dentro do estúdio do Dedê. Todos conhecem, em frente ao Adílson Moreno. Dentro do estúdio. E a menina, a Carla, estava com a menina dela, a Clarinha, que me chama de tio, seu pilantra! O que você tem contra as mulheres, cara? Vai te tratar, amigo! Você é um psicopata”, falou ele.

Posicionamento de Ximbinha

A assessoria de imprensa do cantor enviou uma nota para informar que vai processar o político, por calúnia, difamação e injúria. “Em relação ao vídeo veiculado pelo vocalista aposentado da falida Banda Wlad nas redes sociais, informamos que o Projeto Cabaré do Brega tomará todas as medidas judiciais cabíveis e processará o “contador de histórias infundadas”, informou. “Ele será processado por calúnia, difamação, injúria, constrangimento, dano moral, prejuízo comercial e ameaça. Todos os procedimentos neste sentido estão já estão sendo instaurados”, disse ainda.