Regina e Bolsonaro
Regina e Bolsonaro (Foto: Divulgação)

Após ser convidada pelo governo para fazer parte da Secretaria de Cultura, Regina Duarte passará por alguns testes, segundo um comunicado enviado pela assessoria do Palácio do Planalto.

A famosa embarcará em Brasília na próxima terça-feira (21), para ocupar o cargo de Roberto Alvim, que foi demitido. “Nós vamos noivar, vou ficar noiva, vou lá conhecer onde eu vou habitar, com quem que eu vou conviver, quais são os guarda-chuvas que abrigam a pasta, enfim, a família. Noivo, noivinho”, falou Regina, após encontro com Bolsonaro, que aconteceu na tarde desta segunda-feira (20).

“Quero que seja uma gestão para pacificar a relação da classe com o governo. Sou apoiadora deste governo desde sempre e defendo a classe artística desde os 14 anos”, disse ainda, para a Folha de S. Paulo. Vale lembrar que ela já tinha sido convidada para o cargo, mas recusou a oferta, na época. Mesmo apoiando as decisões do atual presidente, Duarte já foi contra uma decisão do governo.


No começo do ano passado, ela usou as redes para protestar sobre Renan Calheiros vir a ser o novo presidente do Senado. “Precisamos saber quem é quem no novo (novo?) time de Brasília”, disse, na época.