Andressa Urach (Foto: Reprodução/Instagram)

Andressa Urach resolveu soltar o verbo contra medidas tomadas pelo governo para conter o novo coronavírus no Brasil. A famosa classificou como ‘absurdas’ as ações que podem fechar empresas.

“Desculpa gente, mas sinceramente? Acho um absurdo tudo isso! As pessoas não vão morrer com o coronavírus, elas vão é passar fome, depois que várias pequenas empresas quebrarem e a consequência de toda essa paralisação é: milhões de desempregados e presídios mais cheios… “, iniciou a ex-A Fazenda.

“…daqui 60 dias vocês vão me dar razão! Principalmente você que certamente vai me criticar, mas depois de perder teu emprego, vai vir aqui para concordar comigo. Quem é rico é fácil, tem dinheiro guardado e pode estocar comida, mas quem vai sofrer com isso é o trabalhador!”, falou ainda.


No final de semana, a escritora já havia lamentado proibição de cultos em igrejas evangélicas, devido à pandemia da COVID-19. “Um dia Deus usou alguém para te evangelizar, uma igreja pra te ensinar… Desculpa mas se você não sofre ao pensar que muitas pessoas estão sofrendo, você não passa de um fariseu, o mesmo tipo que crucificou o Senhor Jesus e você não tem o Espírito de Deus dentro de você. Teus olhos são maus, que Deus tenha misericórdia de nós. Meu amigo e amiga se você se ofendeu com esse post isso foi pra você então! Se arrependa pode ser tua última chance”, disse ela.