A Fazenda 13: Peões falam de acidente aéreo de artistas: “rotina frenética e perigosa”

Os peões não foram avisados sobre a morte da cantora Marília Mendonça, vítima de acidente de avião

Publicado em 18/11/2021 09:53
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na madrugada desta quinta-feira (18), alguns peões de A Fazenda 13, comentaram a rotina frenética que os cantores sertanejos no Brasil possuem. Eles relembram alguns acidentes aéreos, incluindo o que tirou a vida de Gabriel Diniz, sem imaginar que, Marília Mendonça também foi vítima de um acidente.

O assunto começou quando MC Gui contou que um amigo que era piloto faleceu em um acidente aéreo e chegou a receber um convite para ir junto, mas se recusou. Gui Araújo então questionou se era um avião pequeno, chamado de bimotor, mas o funkeiro negou e afirmou que era um jato.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Porque os caras lá em Goiânia são doidos. Os malucos andam com os aviõezinhos lá pra todo lado. “Os caras vão de fazenda pra fazenda, pousa no meio do mato, na terra, no campo de futebol”, afirmou Gui Araújo e o funkeiro afirma mais uma vez que não era esse tipo de avião que matou seu colega.

Leia também: Marília Mendonça é homenageada com painel de 23 metros em São Paulo

“Rotina frenética e perigosa”

Mileide Mihaile, que conheceu de perto a rotina dos cantores sertanejos, já que era casada com Wesley Safadão, falou que, eles acabam entrando em uma rotina muito perigosa, acabam achando normal pegar tanto voo e infelizmente uma hora ou outra os acidentes acontecem.

“A galera que viaja muito, esse pessoal que viaja muito fazendo show, eles se adaptam a uma rotina tão frenética e tão perigosa, que acham tudo normal. Foi o caso do Gabriel Diniz. Todo ‘telecoteco’ eles querem entrar e chegar em casa mais cedo. Sabe? E não pode ser assim. E o artista que é acostumado a tá em estrada, pegar voo, eles acham que é tudo banal e normal. Por isso que acabam perdendo a vida”, disse, a ex de Safadão.

Então, MC Gui, que também tem uma rotina agitada de shows e está acostumado a voar, relembrou um episódio em que o avião que estava deu problema, bateu em uma cerca e quebrou um pedaço da asa.

“Ele [piloto] olhou assim, a ponta da asa rasgou, tá ligado? Tipo, tem aqui a ponta da asa, o bagulho rasgou no meio, assim. O piloto olhou e falou pro cara da pista assim: ‘Ô, chefe, tem uma fita isolante aí?’. O cara: ‘Não tem’. Ele olhou, um monte de fiozinho pra fora assim. Uns fiozinhos mesmo de dentro da asa, dos fios do avião mesmo. Só que era um King Air, tá ligado. Aí o cara olhou assim, o piloto: ‘Vamos aí que dá pra ir’”, relembrou.

Dayane e Mileide que ouviam a história, afirmaram que não entrariam no avião e o papo finalizou sobre eles falando quais aviões são mais seguros para viajar.

Veja mais: Presa no metrô, Rafa Kalimann tem dia de ‘terror’ em Nova York

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio