Alanis Guillen, a Juma de ‘Pantanal’, diz ter sido vítima de assédio

Atriz da Globo desabafa sobre luta das mulheres pelos direitos

Publicado em 28/06/2022 09:58
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Alanis Guillen, a Juma Marruá do remake de Pantanal, na Globo, abriu o coração e desabafou ao falar sobre a busca pela luta diária entre mulheres em busca dos direitos na sociedade, e afirmou já ter sofrido assédio, assim como qualquer outra mulher que tenha enfrentado a situação no passado.

“O assédio existe das formas mais bem estruturadas e veladas. Então dizer que eu não sofri assédio é uma grande mentira. Acho que toda mulher sofreu, sofre e infelizmente sofrerá. O feminismo está aí pra gente lutar para que o respeito prevaleça”, disse a atriz, em entrevista à jornalista Adriana Del Ré, da revista Glamour.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sucesso na pele da mocinha de Pantanal, Alanis Guillen disse que interpretar a protagonista do folhetim lhe proporcionou entendimentos sobre outras problemáticas. “Quebrei algumas bolhas, pois estar ali [no Pantanal] de fato é outra visão de tudo”, afirmou ela.

“Da primeira vez, fui com meu olhar muito ingênuo para lá e acabei arrebatada por diversas situações que quebraram um pouco a minha ingenuidade. Acho que a gente se separa um pouco das questões ambientais, um grande erro, porque ela é nossa fonte de vida”, refletiu Alanis Guillen.

VEJA MAIS: Nos bastidores de Pantanal, Alanis Guillen ganha surpresa e beijão de Jesuíta Barbosa

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio