Anitta responde se pretende se tornar presidente do Brasil

Cantora disse que recebe ameaças por falar sobre política e comentou a possibilidade de se tornar presidente do Brasil

Publicado em 27/05/2022 19:00
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos últimos anos, além de entregar hits, Anitta também vem se posicionando fortemente sobre questões políticas. No entanto, como consequência de seus posicionamentos, ela conta que vem recebendo algumas ameaças. A famosa falou sobre o assunto durante uma entrevista ao cantor J Balvin, para a revista Interview.

“É por isso que minha família está meio assustada. Fui ao Brasil esta semana e não avisei as pessoas que estava lá por causa de algumas ameaças que estava recebendo. Estou sendo muito ativa este ano com as eleições chegando. Quero que este país mude e não tenho medo. Eu apenas digo à minha família: “Não se preocupe. Se eu morrer, voltarei como um fantasma e assombrarei suas vidas!”, declarou ela.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Possibilidade de se tornar Presidente do Brasil

Questionada sobre a possibilidade de se tornar Presidente do Brasil algum dia, Anitta comentou que isso é algo que não está em seus planos. “Espero que o Brasil esteja em boas mãos e que não me chamem. Antes de me envolver com política, eu nunca soube como as pessoas podem ser más. É muito triste que o poder deixe as pessoas cegas”, destacou a artista.

Apesar disso, a famosa não vai deixar de lutar pelas causas que defende: “Eu só quero ter certeza de chamar a atenção para as coisas importantes. Então, se eu precisar brigar com o presidente, eu vou brigar. Se eu precisar brigar com o ministro, eu vou brigar, como já fiz.”, afirmou.

“Eu me meti em um pequeno problema, mas me preocupo em proteger o meio ambiente, os povos indígenas e a sociedade. Minha família fala assim: “Você tem que desacelerar”. E eu fico tipo, “Não! Os indígenas estão morrendo. A floresta está sendo morta. Precisamos fazer algo. Eu tenho a voz.”, acrescentou a cantora.

VEJA MAIS: Bolsonaro se encontra com Latino e celebra: “salve à música popular brasileira”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio