Antonia Fontenelle é condenada a serviço comunitário após processo contra Felipe Neto

Atriz e apresentadora teve pena de quase 2 anos em privativa de liberdade

Publicado em 19/01/2022 09:54
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Antonia Fontenelle foi condenada a prestar serviço comunitário e a desembolsar cerca de R$ 40 mil em indenização por ter cometido crimes de difamação, injúria e calúnia contra o youtuber Felipe Neto.

De acordo com informações do jornal O Globo, a decisão é do juiz Rudi Baldi Loewenkron, da 34ª Vara Criminal do TJ-Rio. A pena de 1 ano e 9 meses de detenção foi substituída pela privativa de liberdade por prestação de serviços à comunidade ou à entidade pública para a atriz e apresentadora.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

+ Confira os famosos que brigaram na Justiça em 2021

Por volta de outubro do ano passado, Antonia Fontenelle havia sido condenada em outro processo movido pelo influenciador digital, a pagar uma multa de R$ 5 mil ao chamá-lo de “vagabundo de merda” e se referir como “esse merda”.

Em tempo, Fontenelle também já havia sido condenada contra Felipe Neto pela prática de injúria, em uma uma publicação feita em julho de 2020. Na ocasião, em sua conta do Instagram, a loira chamou ele de “canalha” e “câncer da internet”. Por conta da decisão judicial, a artista teve que pagar R$ 63 mil a um fundo penitenciário, além de arcar com os custos do processo judicial.

VEJA MAIS: Antonia Fontenelle critica Juliette após ex-BBB querer virar atriz

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio