Aos 89 anos, Lima Duarte rebate discurso de Bolsonaro: “Quer que eu morra”

Publicado há 9 meses
Por Beatriz Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Lima Duarte, irá completar 90 anos no domingo (29), e rebateu o discurso do presidente Jair Bolsonaro, sobre o grupo de risco do coronavírus. O ator da Globo, está em quarentena em seu sítio no interior de São Paulo.

“O discurso dele é uma coisa trágica pra mim. Ele quer dizer: ‘deixe o velho morrer’. Os jovens estão bem, os meninos estão bem, então, deixa o velho morrer. Ele quer salvar a economia a murros, a facadas, a tiros. Ele só quer o confronto”, disparou ele, em entrevista ao Extra.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Segundo Lima, ele sentiu que Bolsonaro não está se importando com a morte dos idosos: “Conforme ele ia falando eu pensava: ‘ih, ele está falando comigo. Ele quer que eu morra!’. É isso que ele está dizendo pra mim e para todos os velhos desse país, que velho não importa. Difícil, né?”.

O discurso do presidente não gerou revolta apenas em Lima, diversos outros famosos usaram suas redes sociais para rebater Bolsonaro. “A sanidade mental de Bolsonaro tem que ser contestada”, disse Mônica Iozzi.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio