Após acusação de racismo, Mário Frias esclarece fala polêmica

Secretário de Cultura tentou se defender após ser detonado na web

Publicado em 15/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mário Frias viu seu nome se tornar um dos principais assuntos das redes sociais nesta quinta-feira(15). O Secretário de Cultura do governo de Jair Bolsonaro foi acusado de racismo, após dizer que o historiador e professor Jones Manoel, que é negro, “precisava de um bom banho”.

A fala polêmica do artista surgiu depois de uma publicação do Secretário Especial da Presidência da República rebater uma matéria com falas de Jones Manoel, afirmando: “Já comprou fogos para uma eventual morte de Bolsonaro.”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Foi aí que Mário Frias usou novamente seu perfil, para esclarecer a fala: “Toda pessoa suja precisa tomar banho e não existe pessoa mais suja do que aquela que deseja e celebra a morte de um chefe de Estado democraticamente eleito enquanto louva um genocida como Stalin”, escreveu ele.

Alguns seguidores não gostaram da fala do Secretário e detonaram a atitude. “Sua fala foi muito equivocada, senhor Mário Frias”, escreveu uma. “Não entendi porque o Jones precisa de um banho…Isso foi racismo, Secretário de Cultura”, afirmou outra.

Personalidades detonam fala racista de Mário Frias

A fala racista de Mário Frias gerou uma revolta em algumas personalidades, que não curtiram a atitude do artista, apoiador do governo de Jair Bolsonaro. Bruno Gagliasso, a advogada Tamires Sampaio, Manuela D’Avila, Armando Babaioff e outros, detonaram a atitude do ex-ator.

“O seu presidente não só celebrou como é responsável por centenas de milhares de mortes de brasileiros. Governo genocida”, disse a advogada Tamires Sampaio. “Mais um dia comum no país em que os funcionários públicos deste governo se julgam no direito de ofender o povo. O problema de hoje é que racismo é crime, Mário Frias”, escreveu Gagliasso em seu Twitter.

“Surpresa nenhuma com o racismo criminoso de Mário Frias. Esse governo é racista e criminoso. Que seja punido já que nas leis brasileiras racismo é crime. Minha solidariedade ao Jones Manoel”, escreveu Manuela. “Não que eu esteja preocupado com isso. Mas o que Mário Frias, otário-racista, vai fazer depois que esse governo passar?”, questionou Armando Babaioff.

VEJA TAMBÉM: Bruno Gagliasso rebate fala racista de Mário Frias

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio