Após Bolsonaro se filiar ao PL, Thammy Miranda afirma que vai deixar o partido

Vereador não pensou duas vezes em mudar o seu rumo na política

Publicado em 01/12/2021 02:30
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Thammy Miranda, vereador, afirmou nesta terça-feira (30), que vai deixar o PL após o presidente Jair Bolsonaro se filiar ao partido.

“Com a ida do presidente [Bolsonaro] ao PL, o partido do qual faço parte, estou dando entrada na minha desfiliação, vou sair do partido. Temos ideias diferentes, além de que já sofri ataques pessoais de membros da família do presidente, inclusive contra meu filho, quando ainda era recém-nascido”, desabafou em um vídeo em seu perfil na rede social.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os seguidores aprovaram a decisão de Thammy em deixar o partido. Muitos elogiaram a coerência da atitude, logo não houveram questionamentos.

“Boa! A gente vai continuar te apoiando em tudo!”, “Parabéns não esperávamos menos de vc  obrigado por ser diferente de todos ,nosso orgulho”, “Tá certo irmão, parabéns pelo seu trabalho”, “Já sou sua fã e agora aumentou minha admiração. Mostrou raça. Parabéns!!!”, dispararam.

Eduardo Bolsonaro detona Thammy

Em 2020, Thammy participou da campanha do Dia dos Pais de uma famosa marca do mercado e foi detonado pelo filho de Jair Bolsonaro, o Eduardo, que usou a rede social para destilar seu inconformismo.

“Mulher como garoto-propaganda do Dia dos Pais, depois homem para o Dia das Mães. E quem falar o contrário, já sabe, né? É gado, é pessoa raivosa, discurso do ódio e fake news. Assim vão te calando e empurrando goela abaixo uma conduta totalmente atípica para padrões brasileiros“, disse Eduardo.

LEIA MAIS: De biquíni, Yanna Lavigne exibe ensaio encantador na web

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio