Após polêmica com Ícaro Silva, Tiago Leifert faz desabafo na web: “Fui atacado”

Apresentador contou que seus familiares receberam mensagens de ódio na internet

Publicado em 27/12/2021 19:20
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Tiago Leifert usou as suas redes sociais nesta segunda-feira(27) para fazer um desabafo com seus fãs e seguidores. O apresentador contou que após a polêmica com Ícaro Silva, viu sua família ser atacada com mensagens de ódio, citando religião e questões sociais.

O apresentador, que deixou a apresentação do Big Brother Brasil, mencionou que o pai, sua religião e um assunto familiar particular – do qual ainda não está preparado para falar – foram usados contra ele.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Oi, acho que vocês já devem estar de saco cheio do assunto, talvez não queiram assistir esse vídeo, tudo bem, não tem problema. Eu demorei mesmo para vir aqui, acho que perdi o timing do assunto”, iniciou ele no vídeo publicado em seu perfil.

“Fui atacado”

E continuou: “Eu fui atacado por causa da minha religião, fui atacado por causa da minha família e eu não fiz isso em nenhum momento. Eu não ataquei a família de ninguém, eu não ataquei a índole de ninguém, eu não ataquei a trajetória de ninguém, não fiz isso em nenhum momento, minha postagem está lá, é só… E por último nesse delírio que aconteceu nos últimos dias, no último parágrafo de uma carta escrita para mim, tripudiam, ironizam um problema pelo qual estou passando que nem eu estava preparado para falar”, contou ele.

Reação

Tiago Leifert contou que ficou sem chão, quando Ícaro Silva tocou no problema familiar que ele vem enfrentando, no último trecho da carta. “E aquilo me tirou de um jeito que eu pensei que não fosse possível depois de tantos anos trabalhando na mídia. Eu achei que não iam conseguir, mas realmente eu parei de enxergar tudo e eu fiquei muito transtornado com aquela última parte, então eu vou ignorar por agora“, disse.

Não é provavelmente, nós ajudamos a pagar o seu salário, o seu, o do Boninho, o meu, o do Luciano Huck, o do Mion, o de todo mundo ali. Assim como o trabalho de todo mundo da Globo, atores, atrizes, técnica, maquiagem, camareiros, figurino, comercial, jurídico ajudava a pagar o meu salário, porque eu saí. Eu não consigo ver onde está a ofensa numa constatação simples dessa, de saber que o nosso trabalho, todo mundo junto, um ajuda a pagar o salário do outro. Não consigo. Se pegar isso que eu falei e transformar em qualquer outra coisa, eu não vou acompanhar, eu não vou até lá porque não foi isso que eu falei”, finalizou.

VEJA TAMBÉM: De sunga, Gabigol curte cenário paradisíaco: “Perfeição”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio