Apresentador da Globo faz denúncia após ser vítima de ataque homofóbico

Publicado há um mês
Por Luís Gusttavo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Conhecido pelo seu trabalho dentro da GloboNews, canal de notícias do Grupo Globo na TV por assinatura, o jornalista Marcelo Cosme se tornou vítima de inúmeros ataques homofóbicos nas redes sociais. Como se não bastasse, as mensagens de ódio se prolongaram a ponto de trazer ameaças de morte ao profissional.

Atual apresentador do programa ‘Em Pauta’, o jornalista denunciou em seu perfil oficial do Instagram os ataques que vem sofrendo com frequência por parte dos haters de plantão. Por meio da sua conta, ele trouxe prints com mensagens pesadas, com termos como “macaco feio”, “cara de árabe terrorista” e “negro de merda”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em tom de desabafo, na legenda, o apresentador da Globo falou sobre a situação e pediu por mais respeito: “Não é mimimi. É disso que falamos todos os dias. São ameaças, ataques, ofensas, desrespeito. E sabemos que homofobia, racismo e xenofobia são crimes. Infelizmente recebo esse tipo de mensagem direta. Não aceitarei!!!”, escreveu ele.

Sucesso nas redes sociais, Marcelo Cosme também compartilha não só dos seus trabalhos nas telinhas, assim como também um pouco da sua rotina. Logo no início da pandemia do novo coronavírus, o jornalista colocou o corpo definido pra jogo, em que compartilhou de dicas aos seguidores dos exercícios físicos que costuma realizar durante seu tempo livre.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio