Arrasta para cima
Arrasta para cima (Foto: Divulgação/ MF Press Global)

Mais de 1000 pessoas participaram do “Arrasta para cima”, no último dia 17 de setembro. O evento de empreendedorismo reuniu um time de palestrantes no Allianz Parque e ainda arrecadou R$ 50 mil para a ONG “Fraternidade sem Fronteiras”.

Um grande sucesso que permitiu transformar vidas. Este é resultado do evento “Arrasta para cima”, realizado no último dia 17 de setembro no Allianz Parque, em São Paulo. Um time de palestrantes entrou em campo para contar experiências, apresentar caminhos e trazer boas lições ao público que lotou o gramado do estádio. Em tempos de pandemia, o encontro reuniu mais de 1000 pessoas distribuídas em 285 carros que ficaram estacionados no gramado, assim o público pôde assistir às palestras no estilo drive-in.

Além deles, mais de 16 mil internautas acompanharam o evento na transmissão ao vivo pelo YouTube. Durante as atividades, uma grande mobilização solidária envolveu todo o público e apoiadores, onde R$ 50 mil foram arrecadados para serem doados à ONG “Fraternidade sem Fronteiras”.


O público pôde acompanhar as palestras de Diego Vergílio, Jonas Kaz, e do ator Bruno Gagliasso, dentre outros. Nas suas ministrações, eles puderam mostrar como sair à frente no cenário pós pandemia, contando histórias de sucesso e impactaram quem acompanhou o evento.

LEIA TAMBÉM: Quebrando tabus: Carima Orra diz que véu é liberdade, não opressão

Um dos palestrantes, Tadashi Kadamoto, acredita que todas as situações, mesmo as piores, têm coisas positivas. “Cabe a nós descobrir o lado positivo de cada situação. O evento apresentou como entender o cenário pós-pandemia e tirar o melhor proveito disso, sendo a maior oportunidade do século para quem quer se tornar um empreendedor de sucesso”

Já a ONG “Fraternidade sem Fronteiras”, que receberá as doações oriundas do “Arrasta para cima”, é uma organização de ajuda humanitária, que nasceu no Brasil e atua em mais 5 países, com milhares de acolhidos. “O movimento Arrasta para Cima apoia o projeto dessa ONG, que neste momento de pandemia precisa mais do que nunca do nosso apoio”, afirma um dos idealizadores do evento, Jonas Kaz.

Depois do sucesso do “Arrasta para cima”, Diego Vergílio conta que vem aí o “Casa Arrasta”. Um reality show que será transmitido em TV aberta e pela internet onde os participantes, formados por mentores e mentorados, estarão numa casa tendo lições de marketing digital e aprenderão a ganhar dinheiro pela internet. A disputa será durante 15 dias e a previsão que aconteça em novembro.