Bruna Marquezine pede desculpas após usar fantasia de enfermeira: “Não foi minha intenção”

A atriz pediu desculpas, mas propôs uma reflexão sobre o assunto

Publicado em 04/11/2021 01:29
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Bruna Marquezine, atriz, se manifestou na rede social após a polêmica sobre uso da fantasia de enfermeira em uma festa de Halloween. No Twitter, a jovem artista fez uma longa explicação.

“Não foi minha intenção”

“A todas as profissionais de enfermagem friso aqui meu total respeito à categoria. Eu as vejo como heroínas. Jamais seria minha intenção causar qualquer desvalorização à classe na escolha de uma fantasia de Halloween. Essa luta também é legítima e eu pessoalmente batalho para que mulheres tenham liberdade e respeito em todos os ambientes e em todas suas escolhas profissionais e pessoais…”, comentou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em outro trecho, a também influencer pediu para o Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo [Coren- SP] não levasse para o lado pessoal. “Como artista e consequentemente pessoa pública tenho total conhecimento sobre o meu alcance e poder de influência. Convido os órgãos competentes a uma reflexão profunda, e não pessoal, sobre como a indústria pornográfica, o machismo estrutural e a cultura do estupro são o verdadeiro cerne da sexualização e erotização das mulheres em qualquer uma das profissões….”, explicou.

Conselho Regional de Enfermagem se manifesta

Após Bruna Marquezine divulgar fotos vestida de enfermeira, fazendo caras e bocas em selfie, para uma festa de Halloween, o Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo [Coren-SP] se manifestou na rede social. 

“A enfermagem é uma profissão que exige conhecimentos técnicos, anos de estudo e muito empenho e dedicação em seu cotidiano. Além disso, por ser uma categoria predominantemente feminina, com mais de 80% de mulheres, sofre os impactos das desigualdades de gênero, o que inclui episódios de violência e assédio. Por esses e muitos outros motivos, é inadmissível que a fantasia de enfermeira, utilizada em carnavais, festas de halloween e sátiras continue sendo tolerada pela sociedade, sobretudo por formadores de opinião”, disse em nota o órgão.  

LEIA MAIS: Filha de Fátima Bernardes exibe decote saliente em clique e coleciona elogios

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio