Bruno Miranda, o Borat de ‘Amor e Sexo’, revela que teve medo de morrer após ser baleado

Publicado há 16 dias
Por Luan Henrique
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Bruno Miranda, o Borat de ‘Amor e Sexo’, revelou em entrevista para o jornalista Rafael Godinho da Quem, que teve medo de morrer após ser baleado na última quarta-feira (25). O ator contou ainda, como está sendo sua recuperação depois de sair do CTI.

“Tive uma mistura de medo de morrer e ao mesmo tempo tirar força para poder sobreviver. Tudo aconteceu muito rápido. Eu só mentalizei: ‘Não posso morrer. Não posso morrer’. Estava no chão. Tive medo, mas tive que tirar muita força para não desmaiar e me manter acordado até o resgate chegar”, contou ele.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Bruno explicou ainda que, está se recuperando, mas seu estado de saúde necessita de muitos cuidados. “O tiro atravessou o meu abdômen e saiu do outro lado, perfurou o rim e fez duas perfurações no intestino. Tive que operar às pressas. Agora, vou ter que esperar para ver se o rim e o intestino vão voltar a funcionar. Tenho que cuidar direitinho dos pontos para não infeccionarem. Estou com pontos na minha barriga de um lado até o outro”, explicou ele.

Durante a entrevista, o ator disse que sua maior saudade no momento é de rever o filho, Enzo Miranda, de 4 anos, fruto do casamento com a médica Mariana Melgaço. “Eu o vi por videochamada ontem. Tive que explicar para ele porquê sumi assim de casa. Nós somos muito apegados um ao outro. Expliquei que o papai precisou vir ao hospital, mas já está ficando bom. Falei para ele obedecer a mãe dele e comer direitinho”, disse ele.

VEJA MAIS: Bruno Miranda, o Borat, surge interagindo em vídeo após cirurgia

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio