Carolina Ferraz relembra assassinato do pai: “Tinha 14 anos”

Apresentadora falou sobre o episódio violento

Publicado em 27/01/2022 18:02
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carolina Ferraz, de 54 anos de idade, apresentadora do ‘Domingo Espetacular, da RecordTV, relembrou sua trajetória durante uma participação no ‘Link Podcast’, comandado por Reinaldo Gottino, no YouTube. A artista falou sobre o assassinato do pai.

Ladislau Noel Ferraz, foi morto em 1982, quando Carolina ainda era adolescente. A famosa contou sobre a violência do traumático episódio.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Tinha 14 anos”

“Meu pai foi assassinado com seis tiros. Eu tinha 14 anos. Uma história muito violenta, trágica…Estouraram a cabeça do meu pai, uma loucura. Ele teve que ser enterrado com o caixão fechado”, contou ela. Carolina também revelou que o autor do crime nunca foi preso.

“Foi um ex-sócio do meu pai, que devia dinheiro a ele. Aí começaram a se desentender por causa desse pagamento. O cara [assassino] não está vivo, infelizmente. Até infelizmente mesmo, pois não desejo mal nenhum a ninguém. Ele nem sequer foi a julgamento”, disse.

Carolina Ferraz. (Foto: Reprodução/YouTube)

Sofrimento da família

Na entrevista, Carolina Ferraz falou sobre o sofrimento da sua família com o assassinato do pai. A apresentadora contou que cada um sofreu de uma maneira.

Minha mãe ficou muito mal, meu irmão e minha irmã também. Cada um reagiu de um jeito. Eu chorei muito. Como era pequena, pude viver um luto – talvez a única da família”, contou.

VEJA TAMBÉM: Tadeu Schmidt é comparado com Jacob Elordi, da série ‘Euphoria’ e se diverte

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio