Cátia Fonseca se revolta com veto de Bolsonaro sobre distribuição de absorventes: “Fim da picada”

Apresentadora fez questionamentos ao vivo sobre o assunto

Publicado em 07/10/2021 16:07
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Cátia Fonseca, apresentadora do Melhor da Tarde, na Band, ficou bastante incomodada com o veto do Presidente Jair Bolsonaro, sobre a distribuição gratuita de absorventes, desabafou ao vivo no seu programa e detonou o comportamento do político.

“Fim da picada”

“A gente tem que ficar de olho no que os nossos governantes fazem. Vou dar um exemplo: nosso Governo Federal, olha o que fizeram, o fim da picada”, iniciou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

E continuou: “Muitas meninas, isso foi feito através de pesquisas, por isso tentaram com uma nova lei para ajudar essas meninas, elas deixam de ir para a escola, porque não possuem absorvente. Tudo é mulher que menstrua. Você que é mulher, sabe como é. Colocar o papel higiênico, não dá gente”, disse ela.

“Elas não vão para a escola, porque não tem absorvente. Eles tentaram passar por uma nova lei para deixar disponível para essas mulheres sem condições financeiras, situação difícil, complicada no país, que não são poucas pessoas, terem por mês um x de absorventes, para poder usar. O que eles fizeram? Vetaram essa parte da lei! É o fim da picada”, desabafou.

Cátia Fonseca e Jair Bolsonaro. (Foto: Reprodução/Instagram)

Entenda

O presidente Jair Bolsonaro vetou a distribuição de absorventes para pessoas de baixa renda, de acordo com o Projeto de Lei 4968, de 2019, aprovado pela Câmara dos Deputados e Senado Federal.

Em publicação no Diário Oficial desta quinta(07), o político sancionou a criação de um Programa de Proteção e Promoção da Saúde Menstrual. Na lei, os dispositivos que diziam respeito ao público contemplado – estudantes de baixa renda, mulheres em situação de rua e presidiárias – foram vetados. O assunto causou uma extrema revolta nas redes sociais.

VEJA TAMBÉM: A Fazenda 13: Tati Quebra Barraco fala sobre roça: “Não é possível que o Brasil só queira barraqueiro”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio