Charlie Sheen é acusado novamente de assédio sexual; entenda

Publicado há 9 meses
Por Karla Sthéfany Lima
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ator Corey Feldman acusou novamente Charlie Sheen de ter abusado sexualmente de Corey Haim, de ‘Os Garotos Perdidos’. Feldman listou, em seu documentário ‘(My) Truth: The Rape of Two Coreys’, os homens que abusaram dele e do seu amigo, na infância.

Charlie, ator de ‘Two and a Half Men’, estava na lista de Feldman, que disse que seu amigo Haim confessou estupro de Sheen durante os bastidores de ‘A Inocência do Primeiro Amor’.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Sheen já negou as acusações contra ele, feitas por Haim, que faleceu em 2010, por conta de problemas cardíacos e respiratórios. Ele teria se envolvido com drogas por conta de Charlie. “Isso não foi uma coisa única que ele disse de passagem. Não foi como ‘Ah, a propósito, isso aconteceu’. Ele entrou em grandes detalhes”, falou Feldman. “Ele me disse: ‘Charlie me inclinou entre dois trailers e colocou óleo de soja na minha bunda e me estuprou em plena luz do dia. Qualquer um poderia ter passado, qualquer um poderia ter visto’”, falou ainda. Vale lembrar que Haim tinha 13 anos e Sheen tinha 19, na época.

Ainda no documentário, algumas pessoas afirmaram que Haim deu o mesmo depoimento sobre o abuso por Sheen. “Ele compartilhou comigo que, no set de ‘A Inocência do Primeiro Amor’, ele foi estuprado quando criança”, falou Susannah Sprague, ex-mulher de Feldman. “Ele me disse que tinha sido seu colega de elenco e me disse que foi Charlie Sheen quem fez”, completou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio