Cristiana Oliveira relembra cenas de nudez na primeira versão de ‘Pantanal’

Atriz que interpretou Juma na primeira versão de Pantanal disse que não se importava em ficar nua

Publicado em 14/05/2022 13:00
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Cristiana Oliveira, atriz de 58 anos, que ficou muito conhecida após interpretar Juma Marruá na primeira versão de ‘Pantanal’, em 1990, relembrou as cenas de nudez que precisou realizar na época. A artista disse que não se importava em ficar nua e mencionou ainda, as diferenças em que essas sequências mais sensuais são abordadas no remake da novela, exibida atualmente na TV Globo.

“É uma novela de atmosfera sensual, mas, talvez, seja a sensualidade mais bonita que exista, porque não é forçada, tem a ver com a natureza. Acho que da primeira vez, as cenas de nudez e essa sensualidade foram mais exploradas a título de audiência.”, opinou a atriz em entrevista à jornalista Yasmin Setubal, da revista ELA.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na trama atual, a responsável por interpretar Juma é a atriz Alanis Guillen, de 23 anos. “Agora, não precisa mais disso. A sensualidade está nos movimentos das cenas, não precisa de nudez. Mas, na época, o pensamento era outro, a nudez era uma ferramenta para atrair audiência”, completou Cristiana.

“Não me importava de ficar nua em ‘Pantanal’

Na sequência, a artista disse que não tinha problemas em ficar pelada nas cenas de ‘Pantanal’. No entanto, com o tempo, foi ficando mais insegura com seu corpo.

“Não me importava de ficar nua em “Pantanal”, não ligava se aquilo era pela audiência ou não. Fazia parte da história e eu estava muito integrada. Era muito jovem e não pensava nas consequências que isso poderia causar, não teve um lado racional nisso. Fiquei nua porque a Juma ficaria nua mesmo. Mas numa terceira novela depois, me pediram para ficar nua e eu me importei, me manifestei, porque realmente foi incômodo”, declarou a famosa.

De acordo com a atriz, ela enfrentou alguns problemas de autoestima na época: “Tinha problemas de autoestima naquela época, problemas com o meu corpo porque fui ex-obesa, emagreci muito. Mas a Juma tinha uma singularidade que nada dessas preocupações da Cristiana interferiam. Mas era sair do personagem e se olhar no espelho, que já não me gostava. Queria corresponder às expectativas das pessoas”, explicou.

Na entrevista, Cristiana Oliveira também comentou como lida com a maturidade e o envelhecimento. “Gosto de me cuidar e lido muito bem com o envelhecimento. A maturidade fez com que eu enxergasse a vida muito melhor, aproveitasse muito mais. Mas já te tive muito medo dessa passagem de tempo. Hoje, já tenho muita segurança de quem eu sou, do meu corpo, do que eu gosto e deixo de gostar. Tenho mais confiança.”, afirmou a artista.

VEJA MAIS: Cristiana Oliveira recorda casamento com Fabio Assunção

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio