Décio Piccinini recorda morte de sua primeira esposa: “Fui para o quarto e ela estava morta”

Heloísa Martins foi a primeira esposa do jornalista

Publicado em 02/06/2023 18:46
Publicidade

Décio Piccinini, jornalista de 77 anos, recordou durante entrevista ao programa Sensacional (RedeTV!), a morte de sua primeira esposa, Heloísa Martins, mãe de dois dos seus filhos.

De acordo com o apresentador, esse foi o pior dia da sua vida. “A gente se casou, veio o primeiro filho e sete anos depois o segundo. A nossa vida estava bonitinha, enquadradinha (…)”, relembrou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Fui para o quarto e ela estava morta”

O famoso disse que ‘pirou’ quando viu a esposa morta: “Dei um beijo nela na testa, ela deitou para dormir e eu fui para sala. Meia hora, quarenta minutos depois, fui para o quarto e ela estava morta”, detalhou ele, bastante emocionado.

“Eu pirei, tentei tudo que pude, chamei o socorro. Foi o pior dia da minha vida, uma coisa assim devastadora. Depois disso fiquei tentando ser pai e mãe ao mesmo tempo, o que não é legal, porque você acaba não sendo nenhum dos dois”, disse o jornalista, que ficou casado com Heloísa por 16 anos.

Piccinini se casou novamente após quatro anos da morte de sua primeira esposa. “Passei quatro anos viúvo. De repente, fui mudar os óculos e tinha uma moça lá toda de branco, uma morena linda, com um olhão… A Dora acabou ganhando um óculos e um marido e já chegou em casa com dois filhos [os meus]”, disse ele.

“Não foi fácil para ela (risos), mas ela me deu também um prêmio maravilhoso, o maior presente aos [meus] 50 anos: nasceu a Veridiana. Estamos há 28 anos juntos. Eu acredito em casamento”, declarou.

VEJA MAIS: Comemoração de 60 anos do Programa Silvio Santos tem clima de despedida do ícone da TV

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio