Depois de ser preso por ameaçar a ex-mulher, Ávine Vinny diz que se excedeu: “A gente aprende”

Cantor defendeu a mãe de sua filha

Publicado em 15/12/2021 14:01
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Preso na última segunda-feira(13) por ameaçar a ex-mulher, Laís Holanda, Ávine Vinny, dono do hit ‘Late Coração’, pediu que os fãs e seguidores não ataquem a mãe da sua filha. Através do seu Instagram, ele pediu desculpas pelo ocorrido e confessou que se excedeu.

“A briga não foi porque eu estava com alguém ela ficou com ciúme, não foi porque eu queria ver minha filha e ela não deixou, ou porque ela estava procurando fama e dinheiro. Já vi tanta coisa aqui na internet que não é verdade”, disse ele em sua rede social.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

E acrescentou: “Nessa discussão, eu acabei me excedendo com uma pessoa que não merecia, que é a mãe da nossa filha. Ela procurou ajuda, procurou os direitos dela e aconteceu tudo isso que vocês viram”, contou.

“A gente aprende”

Ávine Vinny saiu em defesa da ex-mulher. “Nunca aconteceu coisa desse tipo de querer fama ou dinheiro, essa não é a índole dela. Orem por mim, orem por ela, e peço perdão mais uma vez. Sem dúvidas, a gente aprende. Estou em um processo de construção e desconstrução ao mesmo tempo”, finalizou.

Ávine Vinny. (Foto: Reprodução/Instagram)

Desabafo

Em um perfil privado no Instagram, Laís Holanda, ex-mulher de Ávine Vinny fez um desabafo em suas redes sociais. No texto, ela afirmou que não teve o objetivo de prejudicar o pai da sua filha.

“O caso segue em segredo do justiça e deverá ser analisado pelo poder judiciário. Informo que todas as decisões tomadas no processo, são provenientes de provas e relatos com testemunhas. O objetivo é resguardar a mim e a menor envolvida, devendo ser pontuado que são questões pessoais que dizem respeito ao âmbito familiar, sendo invasiva e criminosa qualquer conduta, por parte de terceiros que desconhecem a integralidade do teor dos fatos, na tentativa de difamar as vítimas”, iniciou ela.

 E continuou:“Não há intenção alguma em prejudicar profissionalmente ninguém. Porém, creio que muito mais importante que a vã e triste exposição midiática é a eficácia da lei e a adoção das medidas cabíveis em prol da realização da justiça e prevenção de qualquer tipo de violência. Se já alguma informação necessária à sociedade, pelo fato da questão profissional, informamos que as medidas e decisões foram tomadas pela justiça e não pela vítima”, finalizou.

VEJA TAMBÉM: Simaria revela se existe a possibilidade de reatar com o ex-marido

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio