DJ Ivis: 10 testemunhas já foram ouvidas pela Polícia

Na terça-feira(13), o motorista do músico depôs em Fortaleza/Ce

Publicado em 14/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O caso do DJ Ivis, acusado de agredir fisicamente a esposa Pâmella Holanda, já está em estado avançado de investigações nas mãos da Polícia Civil. Nesta quarta-feira(14), testemunhas foram ouvidas para a conclusão do inquérito contra o músico.

De acordo com informações do Portal G1, Maria Vaneide da Silva, funcionária do casal, será ouvida ainda na tarde de hoje. Além dela, outras 10 testemunhas já prestaram esclarecimentos sobre o caso. Os depoimentos estão sendo colhidos na Delegacia Metropolitana de Eusébio, na Região Metropolitana de Fortaleza.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na última terça-feira(13), o motorista do DJ Ivis que aparece em alguns vídeos publicados nas redes sociais, foi ouvido pela Polícia. No Encontro com Fátima Bernardes, da TV Globo, Pâmella Holanda comentou as agressões.

“A Mel tinha quase um mês. Naquela ocasião eu estava com Covid, e todos os médicos me aconselhavam a amamentar. Ele não queria. [Ele queria] que eu não amamentasse porque disse que eu ia passar Covid. Eu tentava, pra mim mesma, justificar que ele fazia aquilo por causa do temperamento dele. Eu mesma queria justificar”, contou ela.

Pâmella Holanda. (Foto: Reprodução/Globoplay)

VEJA TAMBÉM: Gusttavo Lima e Andressa Suita tiram visto dos filhos para turnê nos Estados Unidos

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio