DJ Ivis tem novo pedido de habeas corpus negado pelo STF

Músico está preso desde o dia 14 de Julho

Publicado em 4/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A vida do DJ Ivis se complica cada dia mais! O músico que está preso desde o dia 14 de Julho, acusado de agredir a ex-mulher Pâmella Holanda, teve um novo pedido de habeas corpus negado pelo STF. É a quarta tentativa da defesa do artista.

De acordo com informações do colunista Léo Dias(Portal Metrópoles), um estudante de direito teria impetrado o pedido, que não tem qualquer vínculo com o caso do produtor musical. O jornalista ainda conta que o rapaz não juntou os documentos necessários, como a cópia da decisão judicial que corrobora as alegações de ilegalidade da prisão de DJ Ivis.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Inexistem elementos hábeis a indicar a concordância do paciente em relação à impetração articulada. O ajuizamento desautorizado de habeas corpus em favor de paciente que possui advogado constituído pode ensejar prejuízos irreparáveis a seu direito de defesa”, escreveu Gilmar Mendes na decisão contra o músico.

A defesa de DJ Ivis já solicitou outros três habeas corpus para o artista, todos sem sucesso. O músico segue preso em um presídio de segurança máxima no Ceará, onde aguarda julgamento.

DJ Ivis. (Foto: Reprodução/Instagram)

Pâmella Holanda fala sobre vida ao lado de DJ Ivis

Pâmella Holanda usou suas redes sociais para fazer um desabafo, e contou detalhes da sua vida ao lado do DJ Ivis, seu ex-marido e pai de Mel, sua filha.

“Eu acredito que se eu puder inspirar com coragem, com vontade, a pensar ‘eu não mereço viver isso apesar de eu ter algo’… Eu tinha tudo, mas não era feliz”, disse ela. E continuou: “Isso é tão banalizado, às vezes, visto até como normal, como natural. Você apanhar do seu parceiro, sofrer violência física, psicológica, patrimonial, sexual é uma coisa absurda, me enoja”, afirmou.

“Não existe um perfil nem de quem é agredida, nem de quem é o agressor. Tenho certeza absoluta que as pessoas que não me conheciam antes de tudo isso acontecer, que estão me vendo agora, jamais imaginariam, olhando para mim agora, ‘ah, ela sofre isso dentro de casa’. Jamais. Não está estampado na minha cara”, disse.

VEJA TAMBÉM: Joaquim Lopes desabafa sobre internação do pai após complicações da covid-19

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio