DJ Ivis vira réu em processo, acusado de agredir Pâmella Holanda

Músico está preso desde o dia 14 de Julho, no Ceará

Publicado em 19/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A vida do DJ Ivis virou de cabeça para baixo no último mês! O músico foi acusado de agredir fisicamente a ex-mulher Pâmella Holanda, após a influenciadora divulgar em suas redes sociais, uma sequência de imagens, onde aparecia recebendo chutes e socos do ex-marido.

Na última quarta-feira(18), após ter quatro pedidos de habeas corpus negado e continuar preso, desde 14 de Julho, em um presídio de segurança máxima no Ceará, DJ Ivis foi considerado réu na denúncia apresentada à Justiça pelo Ministério Público do Ceará (MPCE) que apontou que o artista cometeu violência física, psicológica, patrimonial e moral contra a ex-mulher Pâmella Holanda.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Poder Judiciário alega que “a denúncia, ofertada pelo Ministério Público [do Ceará], já foi recebida pela Justiça estadual, que determinou a citação do acusado”.

O processo de DJ Ivis, iniciado em 28 de Julho, tramita em segredo de justiça na Vara Única Criminal de Eusébio, e segundo o Tribunal, “mais informações não podem ser repassadas por conta do sigilo do processo”.

Pâmella Holanda e DJ Ivis. (Foto: Reprodução/Instagram)

Relação de DJ Ivis com a filha após a prisão

Pâmella Holanda concedeu uma entrevista à Rádio Jovem Pan e afirmou que, apesar das diversas agressões que sofreu do ex-marido, o DJ Ivis, ela não pretende afastar o músico da filha, Mel, de apenas 10 meses.

“Ele é pai dela, e vai ser para o resto da vida. A minha história com o pai da minha filha acabou. Eu vivi uma história com ele, eu engravidei, vivemos juntos, fomos casados. Óbvio que tivemos momentos bons e tudo mais, mas acabou. Agora, a história dele com a filha dele, ele vai ter que ou construir ou reconstruir”, afirmou.

“Eu quero muito, de verdade. Porque eu acredito que isso também vai ajudar ele. Eu acho que não é porque uma pessoa não recebeu amor que ela obrigatoriamente não sabe dar amor”, afirmou.

Detalhes das agressões

Em entrevista para o Fantástico, na Globo, no domingo (18), a influencer contou detalhes da agressões que sofria. “Quando comecei a morar com ele, ele já começou a me agredir. Começou verbalmente: palavrão, grosserias. Eu estava grávida de cinco para seis meses. Me segurou pelo pescoço e foi me arrastando do corredor até o sofá… Teve outras. Time medo, vergonha, eu tava realizando um sonho, eu tava grávida. Sempre quis ser mãe”, disse ela.

VEJA TAMBÉM: Após vencer a covid-19, Zeca Pagodinho recebe alta hospitalar

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio