Economista, Gil do Vigor fala sobre atual situação do Brasil e alfineta Bolsonaro

Ex-BBB mencionou alguns problemas econômicos do país e destacou a falta de preparo de quem está no poder

Publicado em 09/01/2022 14:57
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Gil do Vigor, especialista em economia, alfinetou o governo Bolsonaro durante participação no programa ‘Altas Horas’ do último sábado (8). No programa, o ex-BBB mencionou alguns problemas econômicos no país e destacou a falta de preparo de quem está no poder.

“Aprendi que há muitas variáveis que afetam os preços, que é a inflação. A inflação é o quê? O preço do cuscuz, o preço do arroz. Não é só taxa de juros”, exemplificou o pernambucano. “O discurso de um presidente vai gerar inflação. Se um presidente fala algo errado, nós temos investidores que estão de olho no Brasil.”, continuou ele.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na sequência, Gil comentou sobre outros fatores que contribuem com a inflação. “Tem várias coisas que podem acontecer dentro de um país que vai afetar a inflação. Se os investimentos param de entrar no Brasil, isso vai gerar inflação”, afirmou.

Gil do Vigor lamentou a atual situação do país

Apesar de atualmente estar passando férias no Brasil, Gil do Vigor tem morado no Estados Unidos desde setembro do ano passado, onde realiza seu Phd (pós-doutorado) em economia na Universidade da Califórnia em Davis. O famoso explica que geralmente é questionado por colegas estrangeiros sobre a atual situação econômica do nosso país.

“O Brasil está desandando muito em questões que não deveriam. O nosso cenário atual está muito incerto. Nos Estados Unidos, por exemplo, conversando com os meus amigos eles me perguntam por que o Brasil está desandando tanto na política”, relatou Gil.

Em seguida, ele lamentou a falta de preparo dos governantes. “Para colocar pessoas para cuidar do nosso país, elas precisam de preparo acadêmico. O mínimo necessário.”, opinou. “Precisamos de pessoas que pensem no pobre. Não adianta o Brasil ser o país com o maior PIB, taxa de crescimento, se tem pessoas na miséria, passando fome, morrendo.”, destacou ele.

“Como economista eu sei que coisas precisam ser feitas. Só cuidar de taxas de juros? Se o cenário político do Brasil não mudar, se a confiança do brasileiro nas pessoas que estão assumindo os cargos para nos representar não mudar, as coisas nunca vão pra frente.”, lamentou o pernambucano.

Por fim, Gil do Vigor manifestou o que, segundo ele, pode ajudar a melhorar o país: “A gente tem que mudar na base. Quando a gente se humanizar e acabar com a miséria do Brasil, acabar com a fome, aí independentemente de PIB, de crescimento, o Brasil estará melhorando.”, finalizou.

VEJA MAIS: Gil do Vigor diz que Brasil só volta a crescer quando Bolsonaro sair do poder

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio