Emocionada, Eliana revela que sofreu preconceito na infância por ser filha de zelador

Apresentadora se emocionou durante a entrevista

Publicado em 07/01/2022 19:28
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Eliana concedeu uma entrevista para Angélica, no programa Jornada Astral, da HBO Max e revelou que sofreu preconceito na infância, por ser filha de zelador. A apresentadora contou que crianças e adultos não se aproximavam dela, por a considerarem pobre demais.

Emocionada, Eliana relembrou os momentos e ganhou uma boneca de Angélica, para que contasse alguns fatos da sua infância e da sua juventude.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Enfrentei muito preconceito. Cheguei a ouvir assim: ‘Não quero que minha filha brinque com essa filha de zelador. Não quero essa filha de zelador na minha casa’. Muitas vezes ouvi isso. Mas a primeira que eu ouvi, eu tinha uns seis anos e foi a primeira vez que senti preconceito”, lembrou.

E continuou: “Conversei com a minha mãe, ela pediu pra eu relevar, que isso não tinha nada a ver comigo, mas sim com a falta de compreensão dessa pessoa. E que eu era uma menina muito especial, que eu tinha que ter orgulho. Minha mãe era doméstica, e, independente do que eles faziam, a gente fazia tudo com muita dignidade”, contou.

Eliana. (Foto: Reprodução/Instagram)

Envelhecimento

Recentemente, conversou com a Revista Vogue e falou sobre o seu processo de envelhecimento. Com 48 anos de idade, a artista comentou sobre o quanto é difícil e ao mesmo tempo prazeroso envelhecer.

As lutas internas são constantes, mas envelhecer nunca foi um problema para mim. Envelhecer faz parte de estar vivo. Estou envelhecendo porque estou vivendo e só tenho a agradecer”, comentou ela.

E continuou: “Por algum motivo, a maturidade me trouxe esse desejo de liberdade que é maravilhoso. Estar livre da pose, da preocupação, do julgamento alheio te liberta e é assim que eu venho me sentindo a cada dia”, disse.

VEJA TAMBÉM: Kéfera revela motivo de estar solteira há anos: “Sofri abuso”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio