Ex-parceiro de Viviane Araújo expõe bastidores do Super Dança dos Famosos

Professor e dançarino falou sobre sua passagem pelo quadro do 'Domingão'

Publicado em 13/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Adeilton Ribeiro, ex-parceiro de Viviane Araújo, revelou como era os bastidores do Super Dança dos Famosos, programa da Globo, que era um quadro dentro do Domingão do Faustão.

Em desabafo, o professor disse que se sentiu mal e foi “menosprezado” pela emissora, além de ter se sentido um “lixo”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

LEIA MAIS: Juliette fala sobre comentários maldosos que sofreu no BBB21

+ Luana Piovani diz: “Quando fui agredida, não tinha companhia”

“Fui aprovado por competência, pelo trabalho que apresentei e aí eles me contrataram. Fui escolhido para dançar com a Viviane Araújo e nós não tivemos problemas nos ensaios. Não vou ser agora sensacionalista e dizer que teve alguma coisa”, declarou o profissional.

Adeilton disse que não possui nada contra Viviane. Ele e a famosa nunca brigaram. “No ensaio geral a gente já sabia que o Arthur Aguiar não ia fazer porque ele tinha se contundido. Então ia ser a disputa eu e Viviane, a Paolla e o Leandro. Quando a gente foi fazer a passagem no palco, a Viviane ficou um pouco nervosa, e as coisas não aconteceram da maneira como deveria acontecer… só que eu aprendi uma coisa: generosidade! A gente era uma equipe, o que não foi bom pra ela, também não seria bom pra mim. Eu fui um cara muito fod* com ela nos ensaios, eu fui educado a ser assim. Eu cuidei da Viviane em todos os momentos, não tive briga, não tive nada”, afirma Adeilton.

Adeilton ainda diz que o diretor pediu para que eles alterassem, “em cima de hora”, as pegadas, além de afirmar que “em momento algum no ensaio foi dito pra eu trocar pegada”. “Beleza, eu cheguei pra Viviane e falei ‘a gente vai ter que mudar as pegadas’. Óbvio que eu não desobedeceria a produção, e a gente tem que ouvir a direção, o quadro não é meu”.

+ Viúva de Ricardo Boechat faz homenagem aos 69 anos do jornalista

“Aí beleza, passou um dia, eu liguei pra minha parceira, ela tava meio machucada, eu também tava, porque é bem exaustivo, é muita coisa… Aí no outro dia recebo um bombardeio de mensagens de que minha parceira estava insatisfeita, mexendo os pauzinhos para retirar o professor atual, que seria eu, para colocar um outro parceiro. Aí eu liguei pra Viviane, conversei com ela. Eu disse: ‘Vivi aconteceu alguma coisa? Porque se aconteceu, com quem você deve conversar é comigo. Se você tiver insatisfeita, eu até prefiro [pedir] pra sair, que seria muito mais legal do que eu tá nesse envolvimento com uma pessoa que não tá satisfeita. Mas ela super me elogiou, sempre me elogiou ‘ah, você é bailarino incrível’”, diz Adeilton.

O dançarino ligou para a Globo, afim de saber do que estava acontecendo, mas não a emissora disse que ele não precisava se preocupar com “sites de fofoca”. “Eles falaram que era apenas sites de fofocas e eu não precisaria ligar pra isso”.

“Aí [dias depois] eles ligaram e comunicaram que eu estava desligado porque minha parceira estava insatisfeita. Foi daí que caiu minha ficha, eu disse ‘caralh*, velho, como que pode uma coisa dessa está acontecendo nesse exato momento… a gente se sente culpado por várias situações que às vezes a gente não deve se culpar”.

Adeilton fala sobre sua passagem pela Super Dança dos Famosos.

“Entrei num estado de tristeza muito profunda, fiquei uns três dias muito preso em casa, sem querer fazer nada, me sentindo um lixo. É uma situação que às vezes a gente não consegue ser forte”, diz o professor, que afirma ter sido um sonho participar do programa, além de ser um desejo de sua mãe, mas, apesar disso, diz que a trajetória lhe trouxe traumas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio