Gilberto, do BBB21, rebate ataque homofóbico de conselheiro do Sport Club do Recife

Novo contratado da Globo sofreu ataques pesados e proporcionou revolta entre fãs e famosos nas redes sociais

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Gilberto Nogueira, o Gil do Vigor do BBB21, se pronunciou pela primeira vez após ter relatado o ataque homofóbico cometido por Flávio Koury, conselheiro do Sport Club do Recife.

Em entrevista ao site G1, o economista revelou que se abalou ao ter se deparado com o áudio vazado via WhatsApp, em que o advogado esnobou sua orientação sexual tecendo ofensas pesadas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Inicialmente, doeu muito, eu fiquei muito abalado. Só que, depois, eu pensei: ‘gente, é uma pessoa só’. Eu tenho, na verdade, assim, pena dele. Pena por ele não ter aprendido, não ter absorvido tanto tempo e oportunidades de que preconceito não leva a nada. Então, eu tenho pena dele, é isso que eu sinto”, disse Gilberto.

Diante da repercussão que chegou a ocupar os Trending Topics do Twitter, Gilberto recebeu apoio dos fãs, famosos como o ex-presidente Lula, outros ex-colegas de confinamento do BBB21 e da torcida do time do coração.

O pernambucano aproveitou para conceder agradecimentos pelas mensagens recebidas. “Eu fico muito grato e honrado de ver tantas pessoas, torcedores, pessoas incríveis que me apoiaram. O que vale é focar no que é bom, não é ruim. Eu sou do Sport e, quem não gostar, que lute. Não sou obrigado a nada”, disparou o mais novo contratado da Globo.

VEJA MAIS: Musa do Sport Club do Recife aposta em maiô cavado e empina o bumbum na piscina: “Gostosinha”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio