Giovanna Ewbank confessa que tinha ciúme de Bruno Gagliasso com Fernanda Paes Leme

Em entrevista, a famosa relembrou o ciúme que tinha do marido com a amiga

Publicado em 16/04/2023 11:52
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Giovanna Ewbank e Fernanda Paes Leme são grandes amigas. No passado, entretanto, essa relação não era tão amigável assim. Durante entrevista à jornalista Naiara Andrade, do jornal Extra, a esposa de Bruno Gagliasso confessou que durante muito tempo, teve ciúme do marido com a amiga.

“Eu acho que eu tinha ciúme dele com a Fê…”, comentou Giovanna, ao relembrar o início de seu relacionamento com o ator. Vale lembrar que, antes do casal famoso começar a namorar, Bruno e Fernanda já eram amigos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A atriz, que também participou da entrevista, concordou com Ewbank: “É, eu também acho (risos). A gente brinca que esse é um crime prescrito, porque já faz tanto tempo… E é importante ressaltar o ressignificado: nós passamos por cima do ciúme, um tipo de competição, coisa que era muito comum”, destacou a famosa.

“As mulheres costumavam disputar os homens e eles se faziam de desentendidos. Bruno era o próprio meme do John Travolta, perdido no meio de nós duas. Nosso reencontro veio naturalmente, sem empurrãozinho externo. Giovanna me convidou para ser madrinha do Bless (de 8 anos, seu segundo filho), e este foi o grande momento. Foi como me chamar para entrar de vez para a família dela, sabe? Com o “Quem pode, pod”, a nossa relação se tornou ainda maior. Hoje, independentemente do Bruno, Giovanna é uma das minhas grandes amigas”, destacou Fernanda Paes Leme.

De acordo com Fê, atualmente, Bruno e Giovanna ocupam a mesma “prateleira” de importância na sua vida. A esposa do ator também disse que, frequentemente, elas conversam sobre essa relação de amizade. “Conforme vamos amadurecendo, caem as fichas”, explicou. “A culpa é toda do Bruno!”, brincou Paes Leme.

“E da sociedade, que sempre coloca as mulheres em embate. Principalmente na nossa profissão, onde tem tanto ego. A gente era mais imatura, eu tinha 22 anos, a Fê tinha 25. É tão bom ter essa percepção de que evoluímos… Falar sobre experiências pessoais e de vulnerabilidade é coisa que a gente traz muito para o nosso “Pod”, para que as pessoas também se enxerguem nessas situações”, acrescentou Giovanna Ewbank.

Fernanda então refletiu: “Ao mesmo tempo que rola essa identificação, por que não rolar uma transformação, como a que aconteceu com a gente?”, completou.

VEJA MAIS: Fernanda Paes Leme já ficou com irmão de Giovanna Ewbank

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio