Glória Menezes recebe alta após a morte de Tarcísio Meira

Atriz estava internada desde o dia 06

Publicado em 12/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A morte de Tarcísio Meira nesta quinta-feira(12) vítima de covid-19, gerou inúmeros questionamentos sobre a saúde de Glória Menezes, esposa do ator, que também está internada no Albert Einstein, em São Paulo, com a doença.

De acordo com o último boletim médico emitido pelo hospital, na última quarta-feira(11), a atriz de 86 anos, que foi internada no mesmo dia do marido, estava bem perto de receber alta hospitalar. A boa evolução foi confirmada e a veterana teve alta na tarde de hoje, acompanhada do herdeiro, Tarcísio Filho.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Glória Menezes apresentou sintomas leves da doença e estava em observação em um dos apartamentos do Albert Einstein. Já Tarcísio Meira, desenvolveu a forma mais grave da doença, com sintomas mais fortes e precisou ser intubado, mas não resistiu.

Em entrevista ao Encontro com Fátima Bernardes, da TV Globo, Lilia Cabral falou sobre a amiga. “Não é aceitar, é receber uma notícia que dói. Eu só to pensando na Glória. A Glória ficou tão minha amiga, desde a primeira novela na Globo. Penso na família. Não para dissociar [o casal]. A cumplicidade, quando você vê“, disse ela.

Tarcísio Meira e Glória Menezes. (Foto: Reprodução/Instagram)

Tarcísio Meira fez reflexão sobre a morte, antes da pandemia

Em janeiro de 2020, um pouco antes da pandemia do coronavírus, Tarcísio deu uma entrevista à Revista Quem, o ator disse que não tinha planos de aposentar e refletiu sobre a morte.

Claro que ninguém quer morrer no palco. Esses dias vi um sertanejo que morreu no palco (Juliano Cezar, que morreu durante um show em dezembro de 2019). Achei tão triste, espero que não aconteça comigo e nenhum de nós. Mas não penso em me aposentar, parar. Agora, sendo realista, depois desta peça, não vou fazer outra. Estou indo para os 85 anos, estou velhinho. Não acredito que surja um outro personagem que eu possa fazer”, disse ele.

“Não tem nada de melhor na velhice, tudo é pior. Envelhecer é uma coisa muito chata. Tem limitações física e intelectuais cada vez maiores. A memória não é mais a mesma. A morte está aí. Qualquer hora ela chega. Que chegue bem. Não penso muito nisso”, contou.

VEJA TAMBÉM: Marcos Mion celebra apoio da esposa em ida para a TV Globo

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio